Reportar erro
O que aconteceu?

BBB20: Gizelly passa do ponto e se torna personagem macabra

Gizelly perdeu a linha no BBB20 com planos mirabolantes e frases cada vez mais pesadas

Gizelly chorando ao vivo no BBB20
Gizelly perdeu a mão no reality da Globo - Reprodução
Thiago Forato

Publicado em 27/03/2020 às 06:42:00

Apresentada como Gigi Furacão em janeiro no BBB20, Gizelly era candidata a ser uma das grandes personagens do jogo. E de fato é. Nas primeiras semanas, mostrou personalidade, graça, opinião e posicionamento.

Diante dos tocos que vem tomando de Prior (eles se beijaram nos primeiros dias de programa) e da iminente queda do que eles chamam de Comunidade Hippie, Gizelly ganhou ares macabros e temos que prestar atenção nos adjetivos pesados e frases hiperbólicas.

Muito me impressiona o enorme barulho gerado no início do reality - com razão - sobre os homens considerados tóxicos e machistas, e o mesmo não acontecer agora para a advogada capixaba.

Amargurada, Gizelly terceiriza culpas, se mostra possessiva de forma desmedida com as próprias amigas, segrega e é extremamente venenosa em seus comentários. Honestamente, é caso para se prestar atenção.

Não é força de expressão ou figura de linguagem. Dizer que quer arrancar homens da casa e falar com todas as letras que quer exterminá-los seria motivo para um cancelamento imediato caso fosse proferido por um dos homens da casa.

Gizelly ainda foi mais longe na festa da última quarta-feira (25): planejou embebedar Prior, com o aval de Manu. Sem conseguir se aproximar do brother como gostaria e ainda ter ouvido o que não esperava, se desesperou.

"Ele (Prior) não vale nada! Ele é um vagabundo! Me dá vontade de socar a cara dele!", afirmou ela. Agora imaginem o seguinte: e se fosse Prior dizendo isso de uma das sisters?

Não raramente, Gizelly também relembra que teve um ex-namorado abusivo, que culminou numa relação desastrosa. Conhecendo a advogada dentro do reality, será mesmo que ele (ou só ele) teria sido abusivo nessa relação?

BBB20: Gizelly passa do ponto e se torna personagem macabra

O exercício de reflexão é válido. Gizelly vem ultrapassando os limites do jogo saudável e do bom senso. Se tornou uma jogadora macabra. E querendo ou não, o Big Brother nada mais é do que uma extensão - ou reflexo -, do mundo real.

No caso dela, é de se preocupar uma pessoa que esteja chegando tão longe no jogo com um pensamento tão baixo e preocupante como ela. Para a própria saúde mental, e até do público, é saudável que Gizelly dê adeus ao reality, o que não vai acontecer na próxima terça-feira. Ela é a Líder e indicará Prior, que deve contra-atacar em Marcela.

Sua torcida vem crescendo na mesma proporção que o ódio da sister pela eliminação gradual de seus amigos. Sem entender nada do que acontece no mundo exterior, se desespera desordenadamente sem saber ou se preocupar que alvo vai atingir.

A Gizelly alegre e irreverente do início em pouco lembra a soturna e melancólica atual.


Thiago Forato é jornalista e escreve diariamente para o NaTelinha. Assina a coluna Enfoque NT desde 2011 e agora dá pitacos sobre o BBB20. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto

Mais Notícias