Reportar erro
Em cima do muro

A Fazenda 2020: Victória pede perdão a Jakelyne por indicação: "É muito difícil votar"

Ex-dançarina continua com a estratégia de tentar não se indispor com ninguém

Victória Villarim séria no quarto de A Fazenda 2020
Victória Villarim continua com estratégia de não se indispor com colegas de confinamento. Foto: Playplus/ Reprodução
Redação NT

Publicado em 14/10/2020 às 21:23:24

Victória Villarim continua com a estratégia de não se indispor com ninguém em A Fazenda 2020 para não ser indicada para a roça. Dessa vez, a modelo pediu desculpa para Jakelyne Oliveira por ter votado nela na última formação da roça. A ex-dançarina chamou a moça para conversar na despensa da sede, nesta quarta-feira (14),  e abriu o coração. Apesar de nunca declarar seu apoio ao grupo feminino da casa, Victória preferiu permanecer em cima do muro, como vem fazendo desde sua entrada no reality.

"Não foi o que eu quero. É um jogo e faz parte, a gente tem que ter coerência. Isso sim é justo. Tenho certeza de que todo mundo entendeu. É muito difícil pra mim votar", disse a modelo, sobre sua dificuldade em indicar as pessoas todas terças-feiras.

Jakelyne afirmou estar tranquila quanto ao voto dela e disse ter entendido o motivo para a indicação. "Não se preocupa com isso não. É de coração que eu falo. É difícil votar em uma pessoa que você tem uma boa convivência", analisou Jake.

"É muito mais fácil você apontar uma pessoa que você se indispôs ou teve uma crítica, quando você tem que votar. Foi igual quando tive que optar entre Raissa (Barbosa) e Tatá (Tays Reis). Nesse momento, não votaria na Raissa, mas por estratégia de defesa...", explicou.

Voto consciente em A Fazenda 2020

Victória lembrou do momento em que Lucas Maciel a escolheu para colocar na baia. Ela disse que ficou chateada na hora, mas, depois, entendeu a decisão do apresentador.

"Foi igual o Lucas me colocar na baia para defender a Raissa. O que tem que sempre ter é coerência. Porque a gente vai entender", analisou Victória.

Jakelyne comentou: "Hipocrisia nossa não entender isso. Tem pessoas que não entendem e tá tudo bem. Cada um tem uma personalidade. Durante a convivência, qualquer coisa que eu fizer que não te agradar, ou que você achar incoerente, pode chegar em mim e conversar, dou essa liberdade para as pessoas. Para mim, a conversa é a melhor coisa que existe em qualquer situação. Eu sou muito aberta para ouvir qualquer coisa que no seu ponto de vista você não concorde."



Mais Notícias