The Ultimate Fighter

Com brasileira, nova temporada de reality do UFC estreia no Combate e Globoplay

Amanda Nunes é uma das treinadoras da trigésima edição do The Ultimate Fighter


Montagem de fotos de lutadoras Julianna Peña e Amanda Nunes em cores preta e vermelha
Americana Julianna Peña e a brasileira Amanda Nunes são as treinadoras da 30ª edição do TUF - Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 09/05/2022 às 17:16:13,
atualizado em 09/05/2022 às 17:22:20

O Canal Combate exibirá semanalmente os episódios da nova temporada do The Ultimate Fighter a partir desta quarta-feira (11), às 22h. Um dia antes, sempre às terças-feiras, o episódio já estará disponível para assinantes Globoplay, dentro do ambiente Combate na plataforma. Desde 2005, o reality show revela talentos para o UFC. Nomes como Forrest Griffin, Nate Diaz, Roy Nelson e os brasileiros Thiago “Marreta”, Léo Santos e Paulo “Borrachinha” surgiram na atração, que chega este ano à trigésima edição nos Estados Unidos. Na nova temporada, as equipes serão formadas por lutadores das categorias peso-pesado (masculino) e do peso-mosca (feminino) e comandadas pela brasileira Amanda Nunes e pela americana Julianna Peña. 

Pela segunda vez, a atração terá uma brasileira no comando de uma das equipes – a outra foi a potiguar Cláudia Gadelha, na edição de 2016. Como acontece desde a criação do programa, os campeões de cada categoria são definidos em um evento que coloca frente a frente os dois treinadores na luta principal. Com isso, a baiana Amanda Nunes, campeã da categoria peso-pena, terá a chance de recuperar o cinturão da divisão dos galos, que pertence à americana Julianna Peña desde dezembro do ano passado, quando a “Leoa” foi derrotada e teve interrompida uma sequência avassaladora de 16 vitórias consecutivas.

“O programa tem uma importância histórica, não só para o UFC, mas também para o MMA. Na primeira edição, o combate final entre Forrest Griffin e Stephan Bonnar foi um duelo espetacular, lembrado até hoje como uma das lutas mais empolgantes da história. Mudou a história da modalidade nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, as quatro edições realizadas entre 2012 e 2015 representaram uma porta de entrada para que o MMA se tornasse mais popular e o público conhecesse melhor os lutadores e suas personalidades. Além disso, proporcionou a chegada de grandes nomes da luta no país ao UFC”, ressalta Ana Hissa, comentarista do Combate.  

Conheça Amanda Nunes, do The Ultimate Fighter

Com brasileira, nova temporada de reality do UFC estreia no Combate e Globoplay

Amanda Nunes tem 33 anos e é a primeira mulher da história do MMA a conquistar duplo-cinturões no UFC. Nascida em Pojuca, cidade que fica a cerca de 70 km de Salvador, na Bahia, ela começou a treinar Boxe aos 16 anos de idade e conheceu o Jiu-Jitsu brasileiro após ser convidada para o dojo pela sua irmã, que também era praticante do esporte.

Em 2008, a lutadora fez sua estreia no MMA. Cinco anos depois, fez sua primeira aparição no UFC, contra Sheila Gaff no UFC 163, em 3 de agosto de 2013, no Brasil. Amanda venceu por nocaute técnico no primeiro round.

Atualmente, a baiana é campeã da categoria peso-pena feminino e ex-campeã da categoria peso-galo feminino do Ultimate Fighting Championship.

 

Mais Notícias