Reportar
erro
Polêmica

Jovem Pan recontrata Adrilles Jorge após demissão por suposto gesto nazista

Ex-BBB vai participar de programa nas manhãs da emissora


Adriles Jorge na tela da Jovem Pan News
Jovem Pan recontrata Adrilles Jorge após demissão por gesto nazista - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 22/03/2022 às 21:00:00,
atualizado em 25/03/2022 às 13:20:41

O ex-BBB Adrilles Jorge foi recontratado pela Jovem Pan News seis semanas após ser demitido do canal. A decisão foi tomada pelo dono do grupo, Antônio Augusto do Amaral Carvalho Filho, o Tutinha, já que o empresário gostou das recentes participações do ex-BBB na grade de seu canal.

Agora, o comentarista vai participar do Morning Show, programa multiplataforma transmitido pela emissora e pela rádio Jovem Pan FM. A data de retorno do ex-BBB já está definida: Próxima segunda-feira (28). Atualmente, a atração está fora do ar por conta da cobertura sobre a Guerra na Ucrânia.

Outra novidade no programa matutino comandado por Paulo Mathias e Paula Carvalho é Guga Noblat, que também já participava de algumas atrações da grade esporadicamente e agora se tornará efetivo no canal. Adrilles Jorge foi demitido da Jovem Pan News em 09 de fevereiro após protagonizar uma polêmica daquelas.

Durante a edição do programa Opinião, comandado pelo jornalista William Travassos, o comentarista político gerou revolta ao supostamente fazer uma saudação nazista. Ao final de sua participação na atração, ele fez uma variação do "sieg heil", saudação usada por Hitler e seus apoiadores na Alemanha Nazista.

Adrilles Jorge nega ter feito gesto nazista

imagem-texto

Ao notar o constrangimento do comentarista Diogo Schelp, com quem debatia no programa e do apresentador da atração, William Travassos, Adrilles riu. "Surreal, Adrilles", disse Travassos, lamentando o gesto do comunicador.

Após a repercussão do caso, o ex-BBB foi demitido do grupo JP. Até o momento, Adrilles continua negando que teve comportamento inadequado como nazista e que o gesto foi um simples tchau ao público. De acordo com a Lei Federal nº 7.716, de 1989, apologia ao nazismo é crime no Brasil. O texto define no artigo 20 a pena de reclusão para quem defenda tais ideias.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias