Reportar
erro
Na Justiça

Record é condenada com multa milionária por "abuso" no Cidade Alerta

Segundo juíza do caso, canal incitou à violência em cobertura sangrenta


Logo Record; Marcelo Rezende no Palco do Cidade Alerta
Record é condenada com multa milionária por "abuso" no Cidade Alerta ao vivo - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 17/03/2022 às 21:00:00

A Record foi condenada a pagar um valor milionário por abuso em uma cobertura ao vivo feita pelo Cidade Alerta em 2015. Na decisão do Ministério Público, a emissora terá de desembolsar a bagatela de R$ 1.097.700,00 a título de reparação pelo caso, segundo o Uol.

Num processo que se arrasta desde janeiro de 2016, o canal foi acusado pelo Ministério Público Federal de incitação à violência, ao mostrar um tiroteio ao vivo entre policiais da Rocam com dois bandidos, sendo os suspeitos executados no final quando já estavam caídos no chão.

Na ocasião, o apresentador Marcelo Rezende (1951-2017) mostrava a perseguição e incitava procedimentos dos policiais.

"São dois ladrões numa moto. A Rocam já tá em cima. Lá vai sair tiro, hein. Vai sair tiro! Porque se é nos Estados Unidos, atira! O homem da Rocam quase cai. (...) Atira, meu camarada, é bandido!", alertou. Depois dos disparos, o âncora afirmou: "Se ele atirou é porque o bandido estava armado. E ele fez muito bem."

Na decisão da Justiça federal, a magistrada Marisa Claudia Gonçalves Cucio avaliou que o noticiário apresentado por Marcelo Rezende "extrapolou, em muito, o simples dever informativo e o exercício da liberdade de expressão do narrador".

A condenação ainda trata o episódio como "abuso da liberdade de expressão com desrespeito aos princípios da inocência e da dignidade da pessoa humana" pela Record.

As vezes em que a Record foi condenada na Justiça

Record é condenada com multa milionária por \"abuso\" no Cidade Alerta

Não é a primeira vez que a Record é condenada a pagar um valor alto por conta de coberturas jornalísticas. Em setembro, o ex-goleiro do Guarani, Sérgio Neri, 58 anos, ganhou na Justiça contra a Record após uma matéria exibida em julho de 2018, mostrar uma simulação "não autorizada" de que ele estaria vivendo nas ruas em "estado deplorável". Em outra ocasião, o canal foi condenado a indenizar jovem inocente exposta no Cidade Alerta.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias