Reportar
erro
Juntos há 42 anos

Conheça o verdadeiro casal da música Eduardo e Mônica de Renato Russo

Renato Russo escreveu a canção em homenagem a uma amiga


Leonice e Fernando Coimbra abraçados posando para selfie
Leonice e Fernando Coimbra serviram de inspiração para o sucesso de Renato Russo - Arquivo Pessoal
Por Redação NT

Publicado em 03/02/2022 às 14:16:57,
atualizado em 03/02/2022 às 14:24:09

Engana-se quem pensa que a história de amor da música Eduardo e Mônica, de Renato Russo (1960-1996), lançada em 1986, foi uma invenção do cantor para emplacar um hit nas paradas de sucesso. O artista se inspirou no relacionamento de uma de suas melhores amigas, a artista plástica Leonice Coimbra, que é casada há 42 anos com o embaixador do Brasil no México Fernando Coimbra.

"Sempre que ele compunha ele me ligava, ou ligava para outras amigas, para mostrar. E aí certa noite ele me ligou e disse que a música era para nós. Eu, honestamente, não estava nem aí naquele momento. Foi só com o tempo que eu fui reconhecer o tamanho do presente que ele, o melhor amigo que eu tive em toda a vida, me deu", disse Leonice, à Folhapress.

Apesar de a origem de Eduardo ser contraditória, Leonice seria a inspiração oficial para a composição. Alguns relatos de Renato mostram que o par de Mônica era uma referência a ele mesmo, outras a amigos, como Philippe Seabra, André Pretorius e Dado Villa-Lobos.

Porém, a amiga do saudoso cantor não se prende muito a essas questões e prefere lembrar com carinho do presente que ganhou do artista. "Eu acredito que o Renato escreveu essa música idealizando um pouco a minha mãe -o que faz sentido, porque ele era mais próximo dela. Mas a energia da história, esse encontro de amor, isso realmente existe, porque eles são referência de um casamento bacana, são mesmo como feijão com arroz", contou.

Leonice ainda completa dizendo que se sente lisonjeada com a obra. "No fim, não tem a menor importância se essa história tem a ver ou não comigo. Eu não quero soar clichê, mas a verdade é que o importante mesmo é entender que nós nada seríamos sem amor. ‘Eduardo e Mônica’ fala de uma história que deve se repetir aos montes por aí, e eu fico muito honrada de a ter motivado de alguma forma", acrescentou.

Eduardo e Mônica virou filme

Eduardo e Mônica, filme inspirado na canção homônima de Renato Russo, estreou nos cinemas em 6 de janeiro, após um período incerto, marcado pela pandemia do coronavírus. O longa é protagonizado por Gabriel Leone e Alice Braga, que vivem o par romântico criado pelo cantor.

"Eduardo e Mônica é um filme para o cinema, para ser visto em uma tela grande, uma experiência coletiva, é como ir a um show do Legião Urbana, é ter a energia de pegar na mão de alguém para ir ao cinema, a gente segurou até onde deu para levar o filme aos cinemas, é claro que, no futuro, a gente pode lançá-lo no streaming, mas agora o foco é no cinema.", pontuou o diretor René Sampaio, apostando que o filme marque o retorno do grande público ao cinema.

Confira o trailer do filme Eduardo e Mônica:

o

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias