Reportar erro
Ao vivo na rádio

Ratinho diz que não vai mais comentar política após polêmica com deputada: "Radicalismo"

Apresentador citou "metralhadora" contra deputada, que prometeu processo

Montagem de Ratinho e Natália Bonavides
Polêmica envolvendo Ratinho e Natália Bonavides ganhou um novo capítulo - Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 16/12/2021 às 17:24:00

O apresentador Ratinho não gostou da reação da deputada federal Natália Bonavides (PT - RN) sobre um comentário que ele fez na quarta-feira (15), durante o Turma do Ratinho, seu programa na Rádio Massa FM. Na ocasião, um colega de bancada do funcionário do SBT leu uma notícia sobre um projeto da congressista que tiraria as palavras pai e mãe da certidão do nascimento e deixaria a denominação filiação 1 e filiação 2 no documento. O veterano se revoltou e atacou a política. "Quem é essa mulher? Natália, você não tem o que fazer, não? Você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa a caixa do teu marido, a cueca dele, porque isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. Tinha que eliminar esses loucos… Não dá para pegar uma metralhadora, não?", sugeriu Ratinho. Natália publicou um trecho do programa em seu Instagram e disse que vai tomar providências legais contra o apresentador.

"O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada, em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido. Essas ameaças e ataques covardes não ficarão impunes. O apresentador utilizou uma concessão pública para cometer crime. Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente", escreveu na legenda da publicação.

Já nesta quinta (16), logo nos primeiros minutos de sua atração na rádio, Ratinho falou que não vai mais levar certos assuntos para o programa. "Aliás, nós temos que colocar mais fofoca nesse programa e menos política porque nós estamos passando por um período de muito radicalismo. É radicalismo dos dois lados. Radicalismo muito da direita e um radicalismo muito da esquerda. Então, qualquer comentário, os da esquerda mudam conforme eles querem e os da direita mudam conforme eles querem. Então, eu, por exemplo, vou evitar de fazer comentário porque qualquer comentário eles mudam aqui o seu pensamento. A imprensa, a mídia social muda o que você está falando. Você não tá falando com aquela intenção, mas... Às vezes, você tá falando um negócio até de brincadeira e vão lá e mudam conforme o interesse deles. O da direita radical e o da esquerda radical também. Então, tá muito chato isso e eu vou sair a partir de hoje dessa chatice", declarou, recebendo o apoio dos companheiros de bancada.

Internautas criticam comentário de Ratinho e Túlio Gadêlha apoia deputada

Minutos depois o programa ir ao ar com o comentário polêmico de Ratinho, internautas criticaram as falas do apresentador. "Ratinho, sempre teve o cérebro de um ratinho, sem querer ofender o roedor. Além de incitar crime contra a deputada Natália Bonavides, eu não sabia que ele tem miopia em último grau. Veja a foto da deputada que ele chamou de feia", escreveu um internauta.

"Mais uma cena deplorável e violenta nos chama à realidade desse país. Ao sugerir, no ar, que se deveria ter uma metralhadora para eliminar pessoas como a deputada, o apresentador Ratinho fere todos os propósitos de um concessão pública de TV. Criminoso. Vergonhoso", afirmou outro seguidor.

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT - PE) comentou a publicação feita pela congressista e manifestou apoio à colega. "Que absurdo!! Necessário que haja retratação pública por parte desse senhor. Natália Bonavides, conte comigo para qualquer iniciativa", escreveu o namorado de Fátima Bernardes.

Ratinho diz que não vai mais comentar política após polêmica com deputada: \"Radicalismo\"



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias