Reportar erro
Programação infantil

SBT compra super pacote de desenhos, incluindo She-ra com romance gay

Emissora de Silvio Santos terá muitas novidades no mês das férias

Cena de desenho animado que mostra beijo entre She-Ra e Felina
Beijo entre She-ra e Felina rolou no último episódio da quinta temporada do desenho - Reprodução/Netflix
Redação NT

Publicado em 14/12/2021 às 16:55:00,
atualizado em 14/12/2021 às 16:57:06

O SBT preparou uma programação infantil cheia de novidades para as férias escolares. A emissora de Silvio Santos adquiriu um mega pacote de desenhos, que inclui She-Ra e As Princesas do Poder, que repercutiu após o último episódio de sua quinta temporada, lançada em 2020 na Netflix. Em uma das cenais finais, a princesa Adora, que quando tem os super poderes se transforma na She-ra, e a vilã Felina se beijaram e iniciaram um romance lésbico na história.

Outros super-heróis poderão ser vistos na telinha do SBT,  como Iron Man, Jovens Titãs em Ação e a série Henry Danger, em nova temporada. O pacote de animações inclui ainda Três Espiãs Demais, que fez sucesso na Globo e estava fora da TV aberta desde 2013 - e Os Incríveis Espiões.

O anime Bakugan, Velozes e Furiosos, Jungle Bunch, Rainbow High, Super Book e a nova temporada de Tom & Jerry também compõem o catálogo da emissora que estreia em janeiro dentro do Bom Dia & Cia.

Séries infanto-juvenis conhecidas do público já estão garantidas na programação. Marlon, iCarly e Brilhante Vitória são alguns dos títulos que a garotada vai assistir durante as férias, de segunda a sábado.

Confira o anúncio do SBT:

She-ra tem romance lésbico e beijo gay em quinta temporada na Netflix

O último episódio da quinta temporada de She-ra e as Princesas do Poder, na Netflix, surpreendeu os fãs da animação. A princesa Adora, que quando tem os super poderes se transforma na She-ra, e a vilã Felina protagonizaram uma cena de beijo e iniciaram um romance lésbico na história.

Os momentos finais do enredo são cercados de muitas batalhas e tensão. Após salvar a vida de Adora, Felina irá revelar que é apaixonada por ela e será retribuída com um beijo. A sequência respondeu aos questionamentos dos espectadores que desconfiavam que a rivalidade entre as duas era, na verdade, amor.

A nova versão da Netflix de She-ra, animação que fez muito sucesso nos anos de 1980 e 1990, foi massacrada por grupos conservadores logo na primeira temporada, já que os produtores optaram por dar representatividade ao universo LGBTQ+ e discutir o empoderamento feminino.

Assumidamente homossexual, a responsável pela adaptação, Noelle Stevenson, declarou para jornalistas norte-americanos que quis debater a diversidade no desenho, tanto que diminuiu os seios e alterou as roupas da personagem.

Nos últimos anos, desenhos animados estão apostando em figuras gays com a alegação de que querem retratar uma sociedade mais justa e igualitária, ressaltando a importância de respeitar os próximos, como foram os casos de Steven Universo e The Loud House.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias