Reportar erro
Contrato assinado

Sem Fórmula 1, SporTV anuncia acordo com "corrida do futuro"

Competição começa nesta sexta-feira (26)

Sem Fórmula 1, SporTV anuncia acordo com "corrida do futuro"
Fórmula E estará no SporTV - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 24/02/2021 às 17:54:00

Sem a Fórmula 1, o SporTV adquiriu uma nova categoria para exibir na sua programação: a Fórmula E. O canal irá transmitir as temporadas 2020/2021 e 2022 do torneio automobilismo 100% elétrica, que conta com a presença dos pilotos brasileiros Lucas di Grassi e Sérgio Sette Câmara. Na TV aberta, o campeonato terá exibição da TV Cultura e terá início nesta sexta-feira (26).

Essa é a primeira categoria de automobilismo 100% elétrica - por isso é chamada de "corrida do futuro" e ecologicamente correta - e sua primeira temporada ocorreu em 2014, o que fez a FIA fechar contrato com o Fox Sports. Ao longo das seis temporadas, a competição fez parte da programação. Por sinal, em agosto do ano passado, a emissora chegou a realizar uma maratona, exibindo as corridas que aconteceram entre os dias 5 e 6, 8 e 9 e 12 e 13 daquele mês.

A TV Cultura também comprou os direitos da Fórmula E. Após a Globo anunciar que não renovaria seu contrato com a Fórmula 1, a direção da emissora paulistana procurou a alta cúpula da FIA e demonstrou interesse em contar com a competição na sua grade.

Entretanto, a primeira consulta assustou os responsáveis pela Cultura por causa dos valores. Ao saber que não haveria chance de diminuições dos números, a empresa estatal optou por buscar um produto mais viável para as finanças, chegando até a categoria de carro elétrico.

Fórmula E, Fórmula 1 e o SporTV

Essa será a primeira vez que a Fórmula E fará parte da programação do SporTV. A categoria entrará no ano em que a Fórmula 1 não estará na grade do canal fechado do Grupo Globo. O campeonato mais famoso de automobilismo do mundo será exibido na Band.

A Globo começou a transmitir a Fórmula 1 em 1972, e desde 1981 exibia as provas continuamente e com exclusividade na TV aberta. A emissora registrou os títulos mundiais de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna, que morreu em 1 de maio de 1994, durante a transmissão da Globo do GP de Ímola, na Itália.

Mais Notícias