Reportar erro
BBB21

Prior analisa BBB21 e comete erro ao aparecer dirigindo ao vivo no Fofocalizando

Ex-BBB20 criticou Karol Conká em chamada de vídeo no trânsito

Prior analisa BBB21 e comete erro ao aparecer dirigindo ao vivo no Fofocalizando
Prior deu entrevista enquanto dirigia. Foto: Reprodução/SBT

Redação NT

Publicado em 12/02/2021 às 17:16:40,
atualizado em 12/02/2021 às 17:38:16

O ex-BBB Felipe Prior participou nesta sexta-feira (12) do Fofocalizando, no SBT. O arquiteto surgiu dentro do carro, dirigindo, enquanto falava via chamada de vídeo com os integrantes do programa, e chamou atenção, já que falar no telefone ao volante é infração pelas leis de trânsito. Ele foi convidado pela atração para avaliar se Karol Conká estaria recebendo informações externas - desde a prova do líder, realizada na quinta (11), internautas acusam fraude da rapper, que saiu vitoriosa.

Prior relembrou que recebeu um aviso da produção, ao fazer um comentário, mas que não se caracteriza como interferência. Ainda, afirmou que mesmo que Karol receba informação, não conseguirá tirar proveito disso por seu temperamento.

Flor, uma das apresentadoras perguntou sobre a história de que ele teria recebido informação externa no confessionário. “Eu não fui avisado ‘Felipe Prior disse isso, isso e isso’. O que foi passado foi que eu fiz um comentário preconceituoso. Eu acredito que isso foi um comentário (passível) de processo, entendeu? É algo que, tipo, por mais que a gente esteja lá, seja um reality show, a gente é humano, pô. Tem família aqui fora”, esclareceu.

Chris Flores questionou se ele acredita ser importante que sejam faladas algumas coisas no confessionário para os participantes. Ele negou. “Não digo isso. Não gosto de falar pelos outros, falo por mim. Não foi passada nenhuma interferência externa. Me falaram para eu me retratar sobre um fato que falei lá dentro. Na hora, lembrei do fato e pedi desculpa. Foi basicamente isso. Não teve nenhuma interferência de informação ‘ah, você está queimado por causa disso’”, salientou. Ele equiparou o aviso verbal ao som de alerta que dispara quando algum participante faz algo errado ou passível de punição na atração.

“Era algo grave, um crime que vocês estavam repercutindo, e como você já explicou, você não sabia, não entendia sobre o assunto e reconheceu isso, o que é muito legal”, ponderou Chris.

Ainda que Karol tenha recebido algum tipo de orientação, Prior não a vê sustentando uma mudança. “Ela entrou no confessionário uma pessoa e saiu outra pessoa. Ela agora é fofa com todo mundo e ela não é. Mas dá para ver que ela não é. Quando ela perde o conforto dela, se você tirar um pouquinho da linha, ela rebate do jeito que ela é realmente”, opinou. “Ela seria uma pessoa muito fácil de jogar, eu acredito. Eu ia dar muita corda para ela se enforcar”, avaliou.

Prior agradece participação no BBB, mas lamenta não tirar proveito financeiro da fama

Chris Flores perguntou se foi uma experiência boa ou ruim para o arquiteto estar no BBB20, exibido no ano passado. “Para mim, foi muito bom. Me fez abrir um pouco meu leque sobre as coisas”, disse, explicando que ainda é reconhecido por sua participação no reality e recebe carinho das pessoas. “Se eu parar meu carro agora para abastecer, os caras falam: ‘você é o Prior?’. Então, todo mundo ainda lembra, entendeu? Graças a Deus, eu tenho um carinho muito grande das pessoas. Para mim, só vem o positivo”, contou.

No entanto, o lado negativo - ele responde uma acusação de estupro, que veio à tona após a sua eliminação do programa - faz com que ele não consiga tirar proveito financeiro disso. “Você sabe das coisas que estão acontecendo, não tenho problema nenhum de falar. Só não posso entrar no mérito de falar sobre o caso, porque está em segredo de Justiça. Mas, sim, isso está me atrapalhando. Você ter fama para não ganhar dinheiro, eu prefiro a minha vida de volta. Porque, é, tudo isso tem um custo. Tem um valor”, ponderou.

Em tempo: Prior foi entrevistado no programa enquanto estava dirigindo. Vale lembrar que dirigir falando ao celular é considerada infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passível de multa.



Mais Notícias