Reportar erro
Outros tempos

Monica Iozzi relembra CQC e dispara: "Bolsonaro foi mais inteligente que eu"

Atriz também conta que se arrepende de ter falado tantas vezes com ele

Monica Iozzi relembra CQC e dispara: "Bolsonaro foi mais inteligente que eu"
Monica Iozzi mira carreira de atriz - Reprodução/TV Globo

Redação NT

Publicado em 02/09/2020 às 07:53:44

Convidada do Conversa com o Bial da madrugada desta quarta-feira (2), Monica Iozzi falou sobre sua carreira e os tempos de CQC (Custe o Que Custar), na Band. Na época, ela fazia cobertura política em Brasília e entrevistava pessoas como o atual presidente Jair Bolsonaro, que na época, adorava dar entrevistas.

"Bolsonaro foi muito mais inteligente do que eu. Ele sabia que podia se utilizar da oportunidade que o programa proporcionava para espalhar seu discurso. Ele ainda não era um cara muito conhecido, então para ele era bom", pontuou ao jornalista Pedro Bial.

Ela diz que o programa da Band foi quem mais deu voz à Bolsonaro, e lamenta a visibilidade dada: "Me arrependo de ter falado com ele tantas vezes".

Saída da Globo

Atualmente gravando uma série em Portugal, Iozzi entrou na Globo em 2014, e o Conversa com Bial relembrou sua participação em A Dona do Pedaço, no ano passado.

"Comecei a sentir muita falta de fazer coisas que iam além do humor. Eu acabei ficando nesse lugar. Então eu comecei a me sentir já sem repertório", acrescentou.

Ela começou sua passagem pela Globo como comentarista do Big Brother Brasil e depois também marcou como apresentadora do Vídeo Show, ao lado de Otaviano Costa: "Não sou comediante, sou uma atriz que ficou conhecida pelo grande público através do humor".

Agora, ela se prepara para voltar a apresentar. Desta vez, no Canal Brasil. E em vez de falar sobre novelas e bastidores da TV, volta a abordar a política.

Mais Notícias