Polêmica

Bolsonaro acusa Globo de propagar fake news e Maju Coutinho vira alvo na web

Porém, informação da emissora não estava errada

 Bolsonaro acusa Globo de propagar fake news e Maju Coutinho vira alvo na web
Bolsonaro entrou em atrito com o Jornal Hoje - Foto: Montagem

Redação NT

Publicado em 25/08 às 10:03:00

O período de tranquilidade de Jair Bolsonaro com a imprensa acabou. Após afirmar que gostaria de dar um soco em um jornalista, o presidente chamou profissionais da imprensa de "bundão" e publicou na noite da última segunda-feira (24) uma crítica à Globo. O governante atacou a emissora após o Jornal Hoje, apresentado por Maju Coutinho, declarar que um evento promovido pelo Governo Federal não prestou homenagem às vitimas do novo coronavírus. A jornalista se tornou alvo de perfis bolsonaristas.

continua depois da publicidade

O encontro intitulado de "Brasil vencendo a Covid-19", que aconteceu no Palácio do Planalto, reuniu especialistas e médicos que são defensores do uso da hidroxicloroquina como uma forma de tratamento de pacientes que estejam com o novo coronavírus. Não há comprovação científica da eficácia do remédio contra a doença, mas Bolsonaro e seu grupo são defensores do medicamento.

Após o fim do evento, Maju Coutinho, no Jornal Hoje, declarou que Bolsonaro e nem as autoridades do governo presentes na reunião pública prestaram solidariedade às vítimas da Covid e nem os familiares que perderam seus entes queridos. Horas depois, o presidente respondeu.

continua depois da publicidade

“A Globo, como sempre, mentindo a meu respeito”, disparou. Ele publicou um trecho do telejornal ND Notícias, exibido em uma afiliada da Record de Santa Catarina, que mostra o apresentador Paulo Alceu criticando o programa da Globo. “Não reverenciaram os mortos? Isso é mentira, isso que é fake news”, comentou o jornalista.

Mas, conforme foi mostrado no Jornal Hoje, o pedido de um minuto de silêncio foi feito por uma das médicas presentes. Bolsonaro e sua equipe respeitaram o pedido da profissional, mas nenhuma autoridade prestou homenagem.

continua depois da publicidade

Por conta da postagem de Bolsonaro, Maju entrou entre os temas mais comentados do Twitter. Perfis bolsonaristas criticaram a jornalista e acusaram a Globo de propagar fake news. Contudo, pouco tempo depois, fãs da apresentadora saíram em defesa dela.

Confira a repercussão:

Bolsonaro e a imprensa

No evento de ontem, Bolsonaro xingou os jornalistas de “bundões” e José Luiz Datena, apresentador do Brasil Urgente, da Band, detonou o presidente. O comunicador revidou a ofensa e chamou o chefe do Poder Executivo de “bundão”.

continua depois da publicidade

"O senhor presidente da República, pelo cargo que eu respeito, e respeito até o presidente Bolsonaro, porque eu gosto dele, ele abre um caminho de duas mãos, porque não pode ofender qualquer cidadão brasileiro da forma como ofendeu, seja ele da imprensa ou não. Eu, por exemplo, sou do jornalismo e não sou bundão, senhor presidente Bolsonaro. Eu não sou bundão. Agora, o senhor me dá o direito de chamar o Jair de bundão. Então bundão é o Jair. Bundão é o senhor!", criticou Datena ao vivo.

continua depois da publicidade