Reportar erro
Comentarista

Globo contrata campeã do Pan para comentar volta do tênis

Ex-tenista estreia como comentarista do SporTV no Masters 1000 de Cincinatti

Joana Cortez
Joana Cortez foi contratada pelo Grupo Globo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 19/08/2020 às 16:05:00

As competições de tênis organizadas pela ATP voltam no próximo sábado (22) com o Masters 1000 de Cincinatti, que terá transmissão do SporTV no Brasil. Para os trabalhos, o Esporte da Globo acaba de fechar com a ex-tenista Joana Cortez, que fará os comentários nas transmissões.

Joana ficou conhecida do grande público por ter representado o Brasil nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000. Também ganhou três medalhas nos Jogos Pan-Americanos, sendo ouro na categoria de duplas em Winnipeg no ano de 1999 e Santo Domingo em 2003.

“Estou ansiosa para essa estreia. Sempre acompanhei o trabalho como comentarista da eterna Maria Esther Bueno, maior tenista brasileira de todos os tempos. É uma grande responsabilidade e estou honrada de comentar jogos do esporte que é minha grande paixão”, diz Cortez.

O Masters 1000 de Cincinatti será disputado em Nova Iorque por causa da pandemia do novo coronavírus. A transmissão ocorrerá no SporTV 3 e as partidas começarão a partir das 12h no horário de Brasília. A final deve acontecer no dia 28 de agosto.

Joana Cortez tem contrato para comentar os jogos de tênis na temporada 2020 e também estará na equipe de transmissão do US Open. A principal competição desse esporte tem previsão para começar no dia 31 de agosto e terminar em 13 de setembro.

US Open pode ser cancelado?

Os organizadores do US Open se assustaram com a confirmação que uma pessoa do ambiente controlado pela empresa responsável pela organização da competição foi contaminada pelo coronavírus, mas não tem chance neste momento de cancelamento do torneio.

“Um indivíduo (não jogador) testou positivo para o COVID-19 dentro do ambiente controlado do Western & Southern Open e do US Open. O indivíduo está assintomático. Foi aconselhado que o indivíduo precisa se isolar por no mínimo dez dias. Em adição, o rastreamento de contato já começou para determinar se alguém vai precisar ficar de quarentena por 14 dias”, explicou o comunicado.

Mais Notícias