Globo

Bocardi questiona greve do metrô, e resposta ao vivo de sindicalista viraliza

Representante dos metroviários rebateu ao vivo apresentador do Bom Dia SP; veja

 Bocardi questiona greve do metrô, e resposta ao vivo de sindicalista viraliza
Rodrigo Bocardi entrevista o coordenador do Sindicato dos Metroviários de São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Paulo Pacheco

Publicado em 28/07/2020 às 20:45:14,

A entrevista de Rodrigo Bocardi com um sindicalista foi um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira (28). Durante o Bom Dia SP, o apresentador questionou o coordenador do Sindicato dos Metroviários, Altino Prazeres, sobre a greve que atrasou a abertura do metrô na capital paulista. A resposta surpreendente viralizou nas redes sociais.

continua depois da publicidade

Ao encerrar a entrevista, Bocardi se mostrou contrário à paralisação: "Como é que o sindicato enxerga uma greve no meio de uma pandemia, em um serviço essencial, transportando milhões de pessoas, que tiveram redução do seu salário, que estão em busca de um emprego, que estão no atendimento médico. Vocês consideram razoável uma paralisação no meio de uma pandemia?".

Altino Prazeres citou uma reportagem publicada pelo portal G1, do Grupo Globo, para justificar a greve dos metroviários.

continua depois da publicidade

"Eu considero. Teve uma reportagem do G1 que disse que os 42 bilionários do brasil aumentaram sua riqueza em quase 27% no período de pandemia. Eu pergunto: é mais justo os mais ricos, os bilionários desse país, ficarem mais ricos no período da pandemia e tirarem o direito dos trabalhadores da saúde, do transporte, dos desempregados? Está errado!", rebateu.

O sindicalista prosseguiu: "Nós temos que dizer o seguinte: a luta dos metroviários foi para resistir, para que a gente mantenha o nosso nível de vida, e está errado os bilionários deste país ficarem mais ricos inclusive no período de pandemia. A pergunta é: por que os bilionários ficam mais ricos e os trabalhadores têm que pagar com custo desta crise que eles mesmos criaram?".

continua depois da publicidade

Bocardi tentou interromper o entrevistado, mas o deixou terminar a fala antes de se despedir. Nas redes sociais, o público se impressionou com a resposta do sindicalista, que deixou o apresentador sem reação.

Confira a repercussão: