Ao vivo

No Cidade Alerta, mãe se surpreende com volta do filho desaparecido: "Vai apanhar"

Caso noticiado no Rio Grande do Sul teve final feliz, mas com barraco

No Cidade Alerta, mãe se surpreende com volta do filho desaparecido:
Ao vivo no Cidade Alerta, mãe ficou aliviada e furiosa com retorno do filho dado como desaparecido - Foto: Reprodução

Publicado em 27/06/2020 às 15:10:00 ,
atualizado em 27/06/2020 às 15:45:01

Por: Redação NT

O Cidade Alerta regional do Rio Grande do Sul, exibido pela afiliada da Record no estado, transmitiu ao vivo o reencontro entre uma mulher e o filho que estava desaparecido.  Ela dava entrevista em casa quando foi surpreendida pela chegada do rapaz, que se mostrou bem e saudável. Surpreendentemente, a mãe ficou revoltada ao vê-lo e prometeu dar uma surra no jovem assim que a equipe de TV deixasse o local.

Em vídeos compartilhados em rede social neste sábado (27), a repórter Daiane Dalle Tese aparece entrevistando a mãe do homem desaparecido. O Cidade Alerta anunciava que ele havia saído no fim de semana para encontrar uma mulher e não voltou para casa. Na entrevista, a mãe relatou que não conseguia contatá-lo pelo celular desde a última segunda-feira (22).

Enquanto explicava ao apresentador Voltaire Porto que mãe e filho vivem em casas diferentes, mas no mesmo lote, a repórter, assim como todos os presentes, foi pega de surpresa com o retorno do rapaz. "Ele chegou!", explanou a repórter. "É ele! Eu não acredito", disse a mãe, inicialmente emocionada.

Constrangido, filho "desaparecido" fugiu das câmeras do Cidade Alerta

Surpresa, a repórter chegou a rir, mas seguiu noticiando os fatos ao Cidade Alerta, enquanto acompanhava a revolta da mãe com o ocorrido. "Vai apanhar agora", cravou a senhora, que tirou a máscara de proteção para xingar o filho. O rapaz, por sua vez, ignorou as câmeras e entrou em uma das casas, constrangido.

"E ele não quer muito saber de aparecer", comentou Voltaire. "A mãe tava preocupada, os amigos tavam preocupados com ele. Resolveram chamar a gente aqui para tentar ajudar. E ele acabou de chegar. Acho que a gente trouxe sorte para essa família", acrescentou Daiane.

O âncora do telejornal comemorou que, independentemente do barraco, a história tenha tido um final feliz, mas não deixou de dar um "puxão de orelha" no homem que a mãe julgava desaparecido. "Reapareceu, que bom, está vivo e saudável. Que não apronte isso de novo. Aos 35 anos, que aprenda agora", aconselhou Voltaire.

O Cidade Alerta seguiu exibindo a revolta da mãe, que sinalizou estar passando mal, com a mão no peito. Às câmeras, ela confirmou que daria uma surra no filho. "Não vou fazer perto de você para não ficar chato. Eu prefiro que ele apanhe de mim, que dei a vida a ele. Ele tá louco? Nunca fez isso! Quer me botar em óbito, a mim e ao pai dele? Que vergonha", prosseguiu.

Os trechos da reportagem foram postados pelo jornalista Jônatha Bittencourt, em seu perfil no Twitter. Ele também compartilhou o vídeo divulgado pela família, em que mãe e filho pedem desculpas. "Ele mereceu apanhar e foi pouco! Não sei se vai apanhar mais ainda", frisou ela. Confira:





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!