Reportar erro
Voltando

Carlos Alberto fala sobre retorno das gravações da "Praça": "Trabalhar com a máscara"

Em entrevista, ele deu detalhes sobre como vai ser seu retorno ao trabalho

Carlos Alberto de Nóbrega
Carlos Alberto de Nóbrega - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 25/06/2020 às 18:40:32

Na tarde desta quinta-feira (25), Carlos Alberto de Nóbrega participou do programa Pânico, na rádio Jovem Pan. Entre os temas abordados, ele destacou como será o retorno das gravações de A Praça É Nossa no SBT.

Para começar, ele revelou que teve uma reunião recente na emissora, onde ele pediu para voltar a trabalhar, justificando que tem condições para isso. "Tive uma reunião ontem no SBT. Fui implorar para voltar. Não aguento mais. Expliquei que tenho condições de fazer com toda a segurança possível. E eles concordaram. Então, em agosto eu vou voltar a gravar", disse.

Como a projeção é de que ainda seja necessário algumas medidas contra o coronavírus, o apresentador contou o que vai ser feito para deixar os estúdios mais seguros. "O banco vai ser um pouco maior, para ter um distanciamento. Vamos colocar uma placa de acrílico em um canto, para eu ficar sentado. E, do outro lado, os comediantes vão sentar e falar. Vou ter que trabalhar com a máscara. Em vez de seis câmeras, vamos ter apenas três. E a minha esposa, que é médica, vai estar presente nos dias de gravação, para ser a intermediária entre mim e meus colegas de produção", comentou.

Ainda sobre o tema, ele deixou claro que Silvio Santos não pressionou em nada para a sua volta, dando carta branca para ele. "O Silvio não queria que voltasse. Aliás, tive uma demonstração de amor muito grande. Ele disse que eu poderia voltar quando eu quisesse".

Carlos Alberto de Nóbrega desabafa sobre quarentena

No grupo de risco, o contratado do SBT afirmou que está respeitando o isolamento social, e com isso, acabou não podendo ter contato com os filhos desde o mês de março.

“A última vez que abracei meus filhos foi no meu aniversário, 12 de março”, contou, destacando ainda que isso é uma das piores partes. “É a coisa que mais está me doendo.”

Mais Notícias