Deu ruim

Participante do Big Brother é punido por declaração homofóbica

Ele foi acusado após comentários dentro do confinamento

Participante do Big Brother é punido por declaração homofóbica
Big Brother Portugal - Foto: Montagem/Reprodução

Publicado em 13/05/2020 às 17:02:32

Por: Redação NT

A versão do Big Brother Portugal já começou em meio a polêmicas. No primeiro dia, Hélder foi acusado de fazer comentários homofóbicos. E após a grande repercussão, ele foi punido.

Durante uma prova de resistência, o participante fez um comentário polêmico com Soraia Moreira, uma colega de confinamento, para se referir a Edmar, participante que é assumidamente homossexual: "Eu prefiro ser mulherengo do que ser gay como ele". Não demorou muito para que essa frase causasse revolta, parando entre os assuntos mais comentados das redes sociais.

Na própria segunda-feira (11), a estratégia tomada pela TVI, emissora que transmite o formato, foi deixar com o público de casa o poder de decidir se o brother continuava ou não no programa. A

decisão vai acontecer no próximo domingo (17).

Participante do Big Brother Portugal é punido após frase homofóbica

O apresentador do programa, Claudio Ramos, ressaltou entre os participantes que o que foi feito por Hélder foi algo bastante grave e não poderia passar batido: "Todas estas transgressões são delitos graves, e o Big Brother jamais poderá fechar os olhos".

Também foi destacado que não é pelo fato de todos estarem em confinamento que poderiam fazer o que bem queriam, sem ter consequências. 

"Não é por estarem fechados em uma casa que vocês podem dizer e fazer o que bem entenderem. Recordo a Hélder e a todos os concorrentes que estão sendo vigiados 24 horas por dia. Hoje, Portugal acordou extremamente revoltada com o seu comentário", comentou ainda.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!