Saídas

De Kajuru a Datena: As demissões que geraram constrangimentos ao vivo

Eles falaram demais e deixaram as emissoras

De Kajuru a Datena: As demissões que geraram constrangimentos ao vivo
Datena e Kajuru - Foto: Reprodução

Publicado em 28/04/2020 às 05:59:00 ,
atualizado em 30/04/2020 às 12:01:42

Por: Redação NT

Silvia Poppovic foi demitida da Band na semana passada e não tem escondido de ninguém sua insatisfação por ter deixado a emissora. A apresentadora declarou que foi surpreendida com a decisão do canal da família Saad e colocou a culpa no diretor Vildomar Batista para a saída.

Mas esse tipo de reclamação não é exclusividade da comunicadora. Outros apresentadores e jornalistas falaram publicamente das suas saídas e causaram as maiores saias-justas.

Confira:

Kaio Cézar

No início do ano passado o apresentador Kaio Cézar pegou todo mundo de surpresa ao fazer o pedido de demissão ao vivo. Apresentador, produtor e narrador da TV Verdes Mares, Kaio usou os segundos finais do Globo Esporte Ceará para desabafar.

"O Globo Esporte fica por aqui, e quero dizer que eu também fico. Neste momento estou pedindo demissão do Sistema Verdes Mares. Não abro mão do respeito e nem da dignidade para estar em lugar nenhum. Um abraço", disse o profissional ao vivo, enquanto os créditos iam subindo.

Depois, Kaio explicou que estava se desentendendo com um dos diretores da emissora e por isso preferia deixar o canal. A ata cúpula preferiu não se manifestar publicamente e disse que trataria o assunto de forma interna, seguindo as normas da empresa.

Keila Lima

A apresentadora Keila Lima deixou o Manhã Maior, da RedeTV!, em 2011 e criou o maior climão ao se despedir do programa, sobrando até para Daniela Albuquerque, esposa de Amilcare Dallevo, dono do canal.

"Eu queria mandar um beijo para todo mundo aqui da RedeTV! Em 7 anos fizemos muitas amizades, e são tantas, que não da tempo de falar com todos", iniciou, tirando o ponto eletrônico do ouvido para não ser atrapalhada pela direção. Ela explicou que foi uma boa professora para Daniela, ensinando-a a ser apresentadora. "Gostaria de deixar um beijo enorme para a produção que trabalha 12 horas por dia, mesmo com pouco recurso", continuou.

Ao tentar cortar o desabafo da colega, seguindo com o programa, a "primeira-dama" da RedeTV! foi interrompida por Keila Lima, que pediu a palavra para finalizar sua despedida: "Deixa eu acabar de falar o meu tchau. Quero agradecer a todos e mandar beijos a produção", concluiu.

Kajuru

Kajuru sempre foi um dos nomes mais polêmicos do jornalismo brasileiro e no ano de 2004 ele apresentou o Esporte Total ao vivo de Belo Horizonte antes do jogo entre Brasil e Argentina. Na atração, detonou o Governo do estado pelo excesso de privilégios no evento.

"Gente, nunca vi tanto carro de autoridade chegando ao Mineirão. São quase 10 mil convidados do Brasil inteiro, naturalmente com ingresso garantido. E o povo? O povo só teve acesso a 42 mil ingressos, caríssimos”, disparou o comunicador, saindo do ar no primeiro intervalo sem explicações. Pouco tempo depois, sua demissão foi anunciada.

“Cumpri meu dever jornalístico. Mostrei tudo e entrevistei alguns torcedores. Às 20h30min, quando me dirigia a um torcedor na cadeira de rodas, que apontava uma carteirinha e, aos gritos, dizia que era uma lei federal e que ele deveria ter prioridade para entrar, eu disse: "Mais um conflito que você vai ver logo depois do 1º intervalo do Esporte Total!!" Conclusão: até agora não voltei!”, relatou o apresentador.

Datena

Datena deixou a Band em 2011 e voltou para Record, sendo responsável pelo comando do Cidade Alerta. Entretanto, ele ficou na emissora do bispo Edir Macedo apenas por três meses e saiu do canal após ter conflitos nos bastidores com alguns executivos.

“Muito obrigado aos meus queridos amigos da Record, equipe técnica, os jornalistas, o chão de fábrica que me ajudou a fazer o Cidade Alerta com todo respeito a você, telespectador da Record, que agora vai ter na sequência o melhor jornal do país. Obrigado pela sua audiência e até um dia”, discursou em seu último discurso no Cidade Alerta.

Pouco tempo depois, a Record divulgou uma nota dando seu ponto de vista sobre a saída de Datena e o apresentador, no Brasil Urgente, programa da Band, rebateu sua antiga empresa. "Eu continuo com meu posicionamento sobre a saída de lá", disparou.

"Eu não tinha condição de trabalho, fui censurado em não dar entrevistas. Em respeito ao bispo Edir Macedo, eu não vou falar o que eu quero falar. Mas aquela nota é uma nota mentirosa e que não condiz com a realidade. E se a Record acredita na justiça, eu também acredito na justiça e é pra lá que eu vou discutir com a Record os termos da minha saída", acrescentou.

Demissão na Paraíba

Paulo Souto, advogado, era colunista fixo do Bom Dia Paraíba, telejornal da TV Cabo Branco, afiliada da Globo no Estado, pediu demissão ao vivo em setembro do ano passado. Ele ficou inconformado por ter sido proibido de dar adeus para antiga apresentadora do noticiário, Patrícia Rocha, que deixou a emissora naquele período.

"Durante sete anos, dez meses e três dias, ficamos eu e a Patrícia Rocha à frente deste quadro. Semana passada a Patrícia saiu, eu pedi autorização a Tatiana [produtora] para fazer uma homenagem a ela, ela autorizou. Mas na quinta-feira ela me desautorizou a fazer a homenagem, ou seja, me mandou um áudio dizendo que a homenagem não ia mais rolar. A partir de hoje eu me vejo no direito de não mais participar deste quadro", anunciou com lágrimas nos olhos.

"Se eu não pude homenagear uma parceira que passou comigo sete anos, dez meses e três dias, e não puder homenageá-la... A homenagem que eu faço aqui agora é a ela. Agradeço aos telespectadores que sempre me permitiram entrar na casa deles, mas eu não tenho condições [inaudível]. Eu fico triste porque estou dizendo isso a você na sua estreia. Admiro tanto o seu trabalho, você vai fazer o maior sucesso nesse quadro. A Patrícia esta sendo muito bem substituída. Se eu não fizesse isso, eu infartaria", completou.





publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!