Exclusivo

Afiliada da Globo demite apresentador que recebeu foto de pênis ao vivo

Douglas Belan era editor-chefe do Bom Dia MT

 Afiliada da Globo demite apresentador que recebeu foto de pênis ao vivo
Reprodução/ TV Globo

Paulo Pacheco

Publicado em 22/04/2020 às 21:37:59,

A foto de um pênis (assista vídeo no final da matéria) exibida sem querer no Bom Dia MT, telejornal local da Globo, custou o emprego do apresentador, Douglas Belan. O jornalista, que também era editor-chefe do noticioso, foi demitido na tarde desta quarta-feira (22) pela TV Centro América, afiliada da emissora no Mato Grosso, que enviou um comunicado interno aos funcionários.

continua depois da publicidade

"Comunicamos que o sr. Douglas Belan da Silva, editor-chefe do departamento de jornalismo, não faz mais parte do quadro de colaboradores da TV Centro América de Cuiabá", diz o e-mail assinado pelo departamento de Recursos Humanos e obtido com exclusividade pela reportagem.

A demissão surpreendeu a equipe da afiliada da Globo. Douglas Belan apresentou normalmente o Bom Dia MT nesta manhã. A gafe, ocorrida na última segunda-feira (20), era encarada com bom humor pelos funcionários, pois já tinha acontecido anteriormente com outros apresentadores.

continua depois da publicidade

Belan tinha menos de três meses de casa. Ele trabalhava na RIC TV, representante da Record no Paraná, e se mudou para o Mato Grosso. Chegou inclusive a alugar um apartamento. Antes, o jornalista apresentou telejornais na RPC, afiliada paranaense da Globo.

A reportagem apurou que a repercussão da gafe desagradou a ala conservadora da TV Centro América, administrada por uma distribuidora de gás. A empresa também comanda a TV Morena, afiliada da Globo no Mato Grosso do Sul.

continua depois da publicidade

Gafe

Durante o Bom Dia MT da última segunda, um telespectador enviou a foto de um pênis para o WhatsApp do telejornal, usado para receber reclamações e sugestões de pauta do público. Como a tela do aplicativo é exibida ao vivo, a imagem vazou e deixou o apresentador desconcertado.

Nos bastidores, funcionários reclamam da má estrutura da afiliada da Globo, o que provocou a gafe ao vivo. Douglas Belan, por exemplo, tinha que se preocupar com a apresentação, o WhatsApp e o telão do telejornal, tudo ao mesmo tempo. As mensagens recebidas não são filtradas antes de ir ao ar. A afiliada funciona com equipe reduzida em função da pandemia do novo coronavírus.

continua depois da publicidade

Jornalistas de São Paulo alertaram os colegas do Mato Grosso sobre os riscos de exibir a tela do WhatsApp no telejornal. Na capital paulista, as mensagens dos telespectadores passam por um pente fino para evitar gafes (embora aconteçam).

TAGS: