Reportar erro
Exclusivo

SBT Brasil é o único telejornal que não cresceu com o coronavírus

Jornalístico da emissora de Silvio Santos não conseguiu crescer com a quarentena

Carlos Nascimento e Rachel Sheherazade na bancada do SBT Brasil
SBT Brasil perdeu público durante o coronavírus e a quarentena - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 17/04/2020 às 05:35:00

O SBT Brasil foi o único telejornal do horário nobre das emissoras de TV aberta a não crescer em audiência no mês de março, quando foi imposta a quarentena por causa do novo coronavírus, segundo dados da Kantar Ibope. Enquanto o principal jornalístico do SBT perdeu público, todos os seus concorrentes viram o Ibope aumentar.

Levantamento do NaTelinha com base nos dados da Grande São Paulo mostra que o SBT Brasil ficou com média de 6,8 pontos no mês de março, quando o governo do Estado decretou a quarentena. No mês anterior, o jornal comandado por Rachel Sheherazade e Carlos Nascimento havia marcado 7,1, uma queda foi de 4%.

A título de comparação, o principal jornal do Brasil, o JN viu seus números saltarem mais de três pontos. Em fevereiro, o programa havia atingido média de 30,5 pontos, enquanto em março o desempenho saltou para 33,9, crescimento de 3,4 pontos e 11%.

Mas não foi apenas a Globo quem cresceu, o Jornal da Record conquistou elevação em seus resultados também beneficiada pela cobertura do combate ao novo coronavírus e com a quarentena decretada na terceira semana do mês de março. O jornalístico da emissora de Edir Macedo ficou no mês passado com 9,6 pontos, enquanto no anterior havia fechado com 9,1, o crescimento foi de 5%.

Se o SBT Brasil viu a diferença aumentar entre seu jornal e o da Record, além do salto do JN, o programa também teve de se contentar com o crescimento das duas emissoras logo abaixo dele. O Jornal da Band, por exemplo, saltou de 4,5 em fevereiro para 4,8 pontos em março, uma elevação de 6%. Já o RedeTV! News foi de 1,2 para 1,4, sendo o maior crescimento percentual entre todos os jornalísticos diários do horário nobre da TV aberta, com 16%.

SBT Brasil

A queda do SBT Brasil no mês de março mostra também o recuo dos números da emissora como um todo no horário nobre em dia útil. As Aventuras de Poliana, que antes era a principal audiência da TV fora da Globo, vem marcando índices abaixo dos dois dígitos praticamente todos os dias, assim como o Programa do Ratinho, que está em viés de baixa, com desempenho abaixo das expectativas.

A exceção, no entanto, é o Roda a Roda. O programa comandado por Rebeca Abravanel continua como a maior audiência do SBT e, constantemente disputa com os jornais da Record o posto de principal Ibope fora da Globo.

TAGS:
Mais Notícias