Adultos

Com quarentena, site do Sexy Hot cresce quase 500%

Site do canal cresceu abruptamente com o brasileiro em quarentena

Com quarentena, site do Sexy Hot cresce quase 500%
Sexy Hot viu seu site crescer em audiência com o período de quarentena - Foto: Divulgação

Publicado em 27/03/2020 às 18:00:53

Por: Daniel César

O Sexy Hot é mais um beneficiado, em termos de audiência, neste período de quarentena devido à pandemia do novo coronavírus. O site do grupo registrou um crescimento de quase 500% nos primeiros nove dias de isolamento social no Brasil.

Segundo levantamento que o NaTelinha teve acesso, no período de 16 a 25 de março, com boa parte do país já em quarentena, a página do Sexy Hot na internet teve 486% novos usuários a mais na comparação com os mesmos dias da semana anterior.

Os dados ainda revelaram que as visitas em todas as sessões do site cresceram em 417%, enquanto houve um avanço de 547% na quantidade de horas assistidas, neste início do período de quarentena no Brasil.

O levantamento indicou ainda que o principal horário de consumo dos usuários do Sexy Hot, neste período de quarentena, ocorreu entre a faixa das 15h e 19h horas, comportamento diferente do que foi verificado antes do isolamento, quando os horários de pico aconteciam sempre entre às 12h e 15h e depois das 21h.

Sexy Hot libera filmes

Por conta da quarentena e da pandemia do novo coronavírus, a direção do Sexy Hot decidiu liberar por tempo indeterminado 10 filmes gratuitos no site. E não é apenas na internet que a empresa disponibilizou produções de modo gratuito. Foram liberados nove produtos de longa e curta duração por meio de VOD (vídeo on demand) das operadoras de TV por Assinatura.

E para que os usuários tenham acesso rápido aos produtos gratuitos, o canal criou uma nova categoria intitulada Fique em Casa, em ambas as plataformas. O termo tem sido utilizado por diversas empresa para incentivar que a população brasileira evite ao máximo sair de casa e se mantenha em isolamento social para evitar a proliferação da covid-19.

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!