Pistolou

Ratinho defende Bolsonaro, critica a imprensa e grita: "Respeitem o voto"

Apresentador atacou a imprensa e manteve seu apoio ao presidente

Ratinho defende Bolsonaro, critica a imprensa e grita:
Ratinho defende Bolsonaro - Foto: Reprodução/SBT

Publicado em 17/03/2020 às 09:23:00

Por: Redação NT

Na última segunda-feira (16), Ratinho abriu o seu programa no SBT fazendo uma defesa ao presidente Jair Bolsonaro das críticas que está recebendo pelo seu comportamento em relação ao novo coronavírus e por ter incitado as manifestações que aconteceram no último domingo (15) pró-Governo Federal. O apresentador atacou jornalistas e reafirmou seu apoio ao governante.

“Antes de começar o programa eu quero mandar um abraço ao presidente da República, presidente Jair Bolsonaro. O presidente está resistindo bravamente às armadilhas que colocam em seu caminho. Eu nunca vi a imprensa bater tanto num presidente quanto eu tenho visto. Presidente, eu sei que é difícil mudar um estado corrompido, onde muitos dos políticos pensam mais em vantagem própria do que no Brasil. Eu desejo, sinceramente, que o senhor persista na sua trajetória”, disparou.

Lendo o teleprompter, Ratinho ainda pediu que os críticos tenham consciência que o Brasil passou por uma eleição democrática e que a escolha da sociedade foi por Bolsonaro para representar os interesses da nação.

“As pessoas precisam entender que o presidente Bolsonaro foi eleito democraticamente, voto na urna, goste ou não dele. Ele é o presidente do Brasil! Ele tem o jeito dele e deve ser respeitado. Eu já vi muito estadista que fala bonito e enterrou o Brasil. Este pessoal que fica procurando picuinha, pelo em ovo, querendo combater o nosso presidente, está prejudicando o país, acabando com o país. Bolsonaro é culpado de tudo? O mundo está vivendo um período de incerteza e isso reflete na economia global. Aproveitadores de ocasião estão fazendo uma política cafajeste com o objetivo de enfraquecer o presidente e, com isso, colocando o Brasil numa rota catastrófica”, afirmou.

Ratinho pede respeito ao presidente

No final do seu discurso, o comunicador ressaltou que é momento de união para que o país possa sair da crise e avisa que é preciso que todos respeitem a decisão feita pela maioria do povo brasileiro.

“É preciso reconhecer que o Brasil está melhorando. É hora de união. Respeitem a vontade de quem elegeu Jair Bolsonaro presidente do Brasil. Vocês não falam tanto em respeito? Então respeitem o voto, p****!”, gritou.

Em 2018, Ratinho foi um dos artistas que se manifestou publicamente em favor da candidatura de Bolsonaro. "O Brasil não é de outra cor. Nossa bandeira é verde amarela. O Brasil é nosso e não vamos entregá-lo a ninguém", declarou o apresentador na época.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!