Agora é da Record

Do Show dos Famosos ao Domingo Show: A carreira de Wellington Muniz após o Pânico

Humorista fechou contrato com a Record e trabalhará com Sabrina Sato

Do Show dos Famosos ao Domingo Show: A carreira de Wellington Muniz após o Pânico
Wellington Muniz trabalhará no Domingo Show - Eduardo Moraes/Record

Publicado em 21/02/2020 às 10:50:00 ,
atualizado em 21/02/2020 às 11:27:43

Por: Redação NT

Na última quinta-feira (20), Wellington Muniz, o Ceará, foi contratado pela Record para integrar a equipe do Domingo Show, que terá Sabrina Sato como apresentadora a partir do dia 8 de março. Conhecido por ter feito parte do Pânico, o comediante seguiu sua carreira em outras emissoras após sua saída do humorístico.

Wellington deixou o Pânico na Band em 2014 e no ano seguinte foi contratado pelo Grupo Globo para participar dos programas de humor da emissora na TV aberta e do canal pago Multishow, interpretando vários personagens.

Relembre:

A Grande Farsa

No dia 20 de julho de 2015, Wellington estreou seu programa solo, A Grande Farsa. Era seu primeiro desafio longe do Pânico e ele tinha como intenção renovar sua carreira na nova empresa, interpretando vários personagens.

“Precisava me reinventar, sempre quis ter um plano de carreira. Aos 41 anos, tomei essa decisão. O nascimento da minha filha, Valentina, ajudou. Quando ela nasceu, decidi que era hora de me arriscar. Saí do “Pânico” pela porta da frente e fui correr atrás”, contou o comediante ao jornal O Globo, em 2015.

Tomara que Caia

Carlos Milani criou o programa Tomara que Caia e Ceará recebeu o convite para fazer uma participação especial. Com uma Globo mais aberta, ele teve o aval para realizar sua imitação mais famosa: Silvio Santos.

No dia 18 de outubro de 2015, Wellington pisou no palco do programa e fez várias brincadeiras com a plateia como o homem do baú. Na época, o episódio repercutiu na mídia e se debateu sobre a nova Globo, que estava mais disposta a falar da concorrência e brincar com ela mesma.

Vai Que Cola

Ainda em 2015, Muniz fez uma participação especial no programa Vai Que Cola. Naquele período, o programa era um dos mais vistos da TV fechada, principalmente por ter Paulo Gustavo entre os integrantes da série.

Ceará deu vida ao personagem Cláudio Jorge no episódio Vou Tocar no seu Radim. Naquele período, informações apontavam que o humorista estava ganhando cada vez mais espaço no Grupo Globo e estaria na série Treme Treme.

Treme-Treme

De fato, as informações se confirmaram e o comediante foi colocado na trama Treme-Treme. Na produção, ele trabalhou como Rochelli Carrara e dividiu cena com Paulo Gustavo e Fernando Caruso.

Ceará Fora da Casinha

Em 2016, Ceará ganhou um novo programa e voltou a interpretar vários personagens. Além de Silvio Santos, o comediante imitou Maria Bethânia, Marília Gabriela, José Luiz Datena, entre outros.

O programa durou apenas uma temporada, mas Wellington não ficou muito tempo fora do ar, logo sendo convidado para participar de outra produção, também no canal pago Multishow.

Xilindró

A criação foi de Pedro Antonio Paes e teve como protagonista Gustavo Mendes. Na história, o personagem de Gustavo precisa cuidar da cozinha de um presídio e Wellington Muniz deu vida à Dantena, a imitação de Datena. Sua participação foi especial no início da primeira temporada.

Dublagens e filmes

Em 2018, ele dublou o personagem Thorp, do desenho animado Pépequeno. Um ano antes, ele tinha trabalho no cinema, mas como ator. Muniz interpretou o personagem, Geraldo Coelho no filme Eu Fico Loko.

Show dos Famosos

No ano passado, Muniz poderia imitar vários cantores, mas sem ter que fazer o público ri. Um dos participantes do Show dos Famosos, ele encorpou famosos artistas da música e soltou a voz.

Ele foi o segundo eliminado, deixando a competição no dia 30 de junho de 2019. Seu principal “carrasco” acabou sendo Boninho, que o aconselhou diversas vezes para ser mais leve e interpretar os personagens e não imitá-los.

Wellington Muniz e sucesso no Pânico

Wellington Muniz trabalhou 18 anos com a equipe do Pânico, tanto no rádio, quanto na TV. Ganhou notoriedade ao trabalhar em eventos e quadros como a Sandália da Humildade com o humorista Rodrigo Scarpa, o Vesgo.

Ele chegou a ser cotado para ir ao SBT, mas os rumores nunca se confirmaram e ele ficou no Pânico até metade desta década. Sua imitação mais conhecida, como dito acima, foi o Silvio Santos.

Agora ele estará na Record, mas não é a primeira vez que o comediante trabalha na emissora. “Estou super feliz e honrado de entrar para o time. Além da Record TV ter sido a primeira emissora em que apareci quando cheguei em São Paulo, em 1997, a assinatura do contrato ainda acontece num momento especial, já que meu aniversário é domingo (23), explicou.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!