Aqui na Band

Roberto Justus elogia honestidade de Bolsonaro: "Nenhum escândalo"

Apresentador lembrou que já foi convidado para concorrer às eleições

Roberto Justus elogia honestidade de Bolsonaro:
Roberto Justus no Aqui na Band - Reprodução/TV Bandeirantes

Publicado em 11/12/2019 às 11:01:42 ,
atualizado em 11/12/2019 às 11:08:30

Por: Redação NT

Roberto Justus esteve no Aqui na Band desta quarta-feira (11) para participar do quadro Dez Fatos Que Marcaram Minha Vida. O empresário e apresentador falou sobre carreira, vida pessoal e política, analisando a presidência de Jair Bolsonaro.

No início do matinal, o estilo de Justus foi a pauta. "Ninguém é dono da verdade absoluta [sobre o que é certo ou errado]. Eu e minha mulher somos verdadeiros mauricinhos e patricinhas. Não gosto daquelas golas que ficam caídas. Quando uso camisa gosto que ela fique impecável. O segredo é passar também, né? A gravata foi abandonada no meio empresarial. Pode ver que nas últimas edições eu abandonei a gravata", disse ele, se referindo ao reality O Aprendiz.

Vaidoso, revela que corta o cabelo a cada 10 dias. "Se o homem cortar o cabelo uma vez por mês, no final fica com aquela cara de bobo", brincou ele. Apresentador do programa, Luís Ernesto Lacombe concordou dizendo que vai ao barbeiro quinzenalmente para não perder o corte.

Presidência do Brasil

Antes de Jair Bolsonaro ser eleito e até o nome de Luciano Huck ventilar como um dos possíveis presidenciáveis, Justus contou que foi convidado para concorrer ao cargo.

"Sempre fui muito visto e respeitado em relação a gestão. Foram mais de cento e tantas salas de reunião", iniciou ele. "Me convidaram, fui a Brasília conversar. Fizeram uma pesquisa e consultando a família, analisando... Como CEO do Brasil poderia fazer um trabalho diferenciado. Mas, tem que passar por uma campanha inteira. Só um grande partido poderia dar suporte... O presidente Jair Bolsonaro é um resultado do que estava acontecendo", pontuou.

Após pensar em tudo isso, decidiu não concorrer. Sobre o governo Bolsonaro, opinou: "Em alguns aspectos peca pelas coisas que se coloca. O despreparo... O presidente tinha que ser o presidente de todos os brasileiros. Ele foi eleito para presidir para todos. Algumas atitudes não são corretas. Mas temos um presidente sem nenhum escândalo de corrupção. Isso já é uma maravilha. Temos um presidente honesto".

O Aprendiz

Reality show cuja primeira temporada apresentou em 2004 na Record, Justus disse que se encantou pelo programa. "Depois que saí da outra emissora, fiz uma negociação e comprei os direitos para o Brasil e trouxe para a Band", orgulhou-se. Uma nova temporada de O Aprendiz deve ir ao ar em 2020.

Posteriormente, Justus recebeu o depoimento de amigos e familiares, mas ao contrário de outros convidados, não foi às lágrimas com a homenagem.

Desafio

Ao final do programa, o colunista de celebridades Nana Rude realizou um desejo: o de bagunçar o cabelo de Roberto Justus. O que ninguém contava é que o empresário anda com um pente no bolso para nunca deixar os fios bagunçados.

Nana, então, despenteou Justus, que sacou seu pente e colocou tudo no lugar novamente com uma leve penteada para trás.



Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!