Reportar erro
Defesa

Diretor do SBT defende Silvio Santos após polêmica: "Ódio pelo ódio"

Fernando Pelégio usou sua conta no Twitter para defender o homem do baú

Fernando Pelégio, Jennyfer e Silvio Santos
Fernando Pelégio falou sobre polêmica envolvendo Silvio Santos - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 10/12/2019 às 13:50:42

O episódio do último domingo (08) envolvendo Silvio Santos e uma participante de um concurso de talentos do programa dominical ainda está rendendo nas redes sociais. Fernando Pelégio, Diretor de Planejamento Artístico e Criação do SBT, saiu em defesa do homem do baú através da sua conta do Twitter.

O executivo ressaltou que Silvio é uma pessoa que vive fazendo comentários engraçados e, quem está criticando a atitude do apresentador em relação ao caso da cantora Jennyfer, não acompanha a produção aos domingos.

“Saco cheio dessa patrulha praguejando ódio sobre o Silvio Santos. Não assistem o programa, não entendem as piadas (ou fazem questão de interpretar com  viés), querem ser descolado e acabam falando  o que não entendem. Ódio pelo ódio”, disparou o Diretor.

Tudo começou a partir de um quadro do Programa Silvio Santos. Diversas candidatas se apresentaram com uma performance musical e, após outras terem suas oportunidade, quando chegou a vez de Jennyfer Oliver, participante negra, Silvio já interrompeu sua apresentação e afirmou que a música da vez, Dona de Mim, era muito chata.

Mesmo com a moça constrangida, Silvio manteve sua postura e colocou a votação da plateia para escolher quem seria a vencedora. O apoio das colegas do auditório, como o apresentador costuma chamar as mulheres que comparecem ao programa, fez com que Jennyfer vencesse a competição disparado, mas ele não gostou do resultado e mudou as regras, o que fez com que uma concorrente branca saísse com a vitória.

Silvio Santos se tornou um dos principais assuntos das redes sociais e sua atitude foi chamada de racista na web.

Jennyfer falou sobre Silvio Santos

Na manhã de ontem (09), a artista que ganhou a votação da plateia se pronunciou através dos Stories em sua conta no Instagram.

“Eu to aqui lendo os comentários e repostando algumas coisas, lendo algumas mensagens e eu vi uma coisa que me chamou atenção: a pessoa falou pra eu crescer no meu talento e não me vitimizar. Quem assistiu, viu. O povo sentiu a situação, eu fiquei super constrangida no momento e, como demorou três semanas para ir ao ar, eu não podia mencionar nada sobre o assunto e muito menos expor nada porque o programa não tinha ainda passado”, explicou a cantora.

“Deixa pra lá, vale a pena não. O importante é que eu vivo da música, trabalho honestamente pra ter minhas coisas, pra pagar minhas contas, pra morar sozinha e ter minha liberdade. É bom ter seguidores e ter o carinho das pessoas, visibilidade, é legal. Mas o que vale mais é a paz, então vamos viver em paz e largar pra lá esse negócio idiota”, posicionou-se.

Mais Notícias