Reportar erro
2019

Brasil Urgente cresce e tem melhor audiência em sete anos

Jornalístico voltou a crescer e já incomoda Record e SBT

José Luiz Datena no estúdio do Brasil Urgente
Brasil Urgente voltou a crescer no Ibope. Foto: Reprodução
Naian Lucas

Publicado em 10/12/2019 às 16:31:31

O Brasil Urgente voltou a apresentar crescimento no Ibope. O jornalístico comandado por José Luiz Datena vem incomodando Record e SBT nos últimos tempos e retornou para a disputa da vice-liderança nos fins de tarde e início de noite.

Dados da Kantar Ibope para a Grande São Paulo indicaram que o programa está em franco crescimento. Para se ter uma ideia, os números de novembro apontam que a parte net do Brasil Urgente, ou seja, que vai ao ar em todo o país, fechou com média de 5,0 pontos e participação de 9,7% na capital paulista. Este foi o melhor mês do jornal desde junho de 2013. 

Já a hora nacional da atração cresceu 18% em relação ao mês de outubro e também apresentou o mesmo crescimento na comparação com novembro do ano passado. 

E o crescimento do programa de Datena não para por aí. Ainda faltando um mês para terminar o ano, 2019 é o melhor em termos de audiência desde 2012. O Brasil Urgente ficou mais de 27 horas na vice-liderança ao longo do ano e foi visto por quase 16 milhões de telespectadores na Grande São Paulo.

Brasil Urgente atrapalha Cidade Alerta

O crescimento do Brasil Urgente é inversamente proporcional aos resultados do Cidade Alerta. O principal concorrente do jornalístico da Band vem em queda desde que a Record estreou o JR 24h. Dados apontam que de setembro, quando estreou o novo boletim de notícias do canal, a dezembro deste ano, o Cidade Alerta marcou 9,1 pontos de média, enquanto no mesmo período do ano passado, os números indicavam 11,8. A queda é de 23%.

Na última terça-feira (09), a parte nacional do Brasil Urgente alcançou média de 6,0 pontos com 10,9% de participação, enquanto o pico foi de 7,6, melhor desempenho desde 19 de agosto. O programa dividiu a segunda posição com a Record e com o SBT no arredondado, tendo 6,3 e 5,9 pontos respectivamente.

O Brasil Urgente alcançou a vice-liderança por 44 minutos e chegou a abrir diferença de quase 3 pontos em relação ao Cidade Alerta. A primeira parte do jornal comandado por Luiz Bacci, antes da interrupção para o boletim de notícias, perdeu para a Band de 6,0 a 6,6, no período das 16h58 às 17h55.

Mais Notícias