Prestígio

Com Fernanda Montenegro aclamada, Central do Brasil dá boa audiência e bomba na web

Atriz foi muito elogiada por internautas

 Com Fernanda Montenegro aclamada, Central do Brasil dá boa audiência e bomba na web
Cena do filme Central do Brasil - Foto: Reprodução/Globo

Redação NT

Publicado em 15/10 às 18:25:11

Um dos grandes sucessos do cinema brasileiro, Central do Brasil foi exibido na Tela Quente na noite da última segunda-feira (14), como homenagem aos 90 anos de Fernanda Montenegro. O longa-metragem repercutiu nas redes sociais, tornando-se um dos temas mais comentados na internet, e ainda deu boa audiência na Globo.

continua depois da publicidade

De acordo com dados consolidados da Kantar Ibope na Grande São Paulo, a produção com duas indicações ao Oscar em 1999, também vencedora do Globo de Ouro do mesmo ano, fechou com média de 22,5 pontos. Na semana passada, os primeiros episódios da série Manifest empacotados como filme foi melhor, com 28.

Apesar de ter derrubado quase seis pontos em comparação à semana passada, Central do Brasil recebeu de A Dona do Pedaço abaixo dos 40 pontos, o que não aconteceu no dia 07 de outubro, quando a novela de Walcyr Carrasco consolidou com 41 de média.

continua depois da publicidade

O filme contou com muitos elogios dos internautas, sendo apontado por alguns como a melhor produção cinematográfica do país. Fernanda Montenegro também recebeu vários elogios, tendo de volta a discussão se foi merecido ela não ter levado o prêmio de Melhor Atriz em 1999.

“Vocês não têm coragem de falar, mas eu falo... Fernanda Montenegro merecia ter levado o Oscar por Central do Brasil”, afirmou o internauta João Paulo. “A Fernanda Montenegro deu um show e merecia ter levado o Oscar”, escreveu Handrigo Lopes. “Nessa meia hora de filme a Fernanda Montenegro já merecia o Oscar de melhor atriz”, publicou Aimée Regina.

continua depois da publicidade

Veja um pouco mais da repercussão:

Sucesso de Central do Brasil

Produzida em 1998, Central do Brasil contou com a direção de Walter Salles e roteiro de Marcos Bernstein e João Emanuel Carneiro. O filme conquistou diversos prêmios, levando o Globo de Ouro de 1999, vencendo A Vida Bela. Já no Oscar, o longa italiano bateu a produção brasileira.

Fernanda Montenegro, que recebeu prêmios em festivais de cinema, chegou ao Globo de Ouro e Oscar como azarona, principalmente pelo fato de enfrentar Meryl Streep e Cate Blanchett, grande favorita, confirmando-se esse favoritismo na premiação que ocorre todo mês de janeiro.

continua depois da publicidade

Já no Oscar, ocorreu uma surpresa. Gwyneth Paltrow protagonizou Shakespeare in Love e, mesmo tendo vencido o Globo de Ouro como Melhor Atriz de Comédia ou Musical, ela não aparecia como favorita. Quando seu nome foi anunciado, os veículos de comunicação da época ficaram espantados.

Fernanda foi a única atriz indicada ao principal prêmio do cinema e a última brasileira que concorreu no Globo de Ouro.

continua depois da publicidade

A presença do filme na Tela Quente foi histórica, uma vez que a sessão nunca havia exibido até então uma produção com mais de duas décadas de produção. Tudo para festejar os 90 anos da protagonista, completados na próxima quarta (16).