Bombou

ESPN Brasil lidera TV paga com futebol internacional e jogos da NFL

Canal esportivo chegou a ser o mais visto no fim de semana

ESPN Brasil lidera TV paga com futebol internacional e jogos da NFL
Manchester City e Everton levou ESPN Brasil à liderança da TV paga. Foto: Divulgação

Publicado em 02/10/2019 às 22:00:29 ,
atualizado em 03/10/2019 às 09:21:47

Por: Daniel César

A ESPN Brasil conquistou a liderança entre os canais de TV por assinatura no último final de semana graças a transmissões exclusivas de partidas de futebol internacional e também da exibição com exclusividade de jogos da NFL, o futebol americano que faz sucesso entre os assinantes.

Durante todo o final de semana, a emissora foi a mais assistida entre os canais esportivos da TV a cabo brasileira e conseguiu ainda abocanhar momentos de primeiro lugar entre toda a TV por assinatura durante a exibição de partidas de futebol internacional.

As partidas da Premiere League, envolvendo dois dos melhores times do mundo, entre Everton e Manchester City e Sheffield United e Liverpool colocaram a ESPN Brasil no topo do ranking dos canais de TV por assinatura, assim como o jogo entre Getafe e Barcelona pela La Liga.

Na última segunda-feira (30), a Premiere League voltou a mostrar força entre o público brasileiro com a transmissão exclusiva dos canais ESPN no clássico entre Manchester United e Arsenal que voltou a colocar a emissora como a primeira colocada entre todos os canais a cabo.

Mas não é a penas o futebol que garantiu boa audiência nos últimos dias para a ESPN Brasil. A NFL conquistou grande público com a exibição da partida envolvendo Dallas Cowbows e New Orleans Saints e que colocou o canal como o mais visto entre os esportivos da TV fechada.

ESPN Brasil sofre mudanças

A ESPN Brasil que vem em viés de alta na audiência anunciou nesta quarta-feira (02) mais uma mudança em sua gestão, anunciando o seu novo Head de esportes, que na prática passa a ocupar a posição que era de German Hartenstein, diretor geral do canal até abril de 2019. O anúncio foi feito pela Disney, dona do canal esportivo.

Trata-se de Carlos Maluf, executivo que trabalha desde 2000 no canal e que será o nome da ESPN no Brasil e se reportará apenas a dois chefes, sendo um na Argentina e ao presidente da Disney Brasil.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!