Jornalista esportivo

Juca Kfouri fala sobre saída da ESPN Brasil e discorda de José Trajano

Eles trabalharam juntos em várias empresas

Juca Kfouri fala sobre saída da ESPN Brasil e discorda de José Trajano
Reprodução

Publicado em 16/09/2019 às 13:35:54

Por: Redação NT

Um dos jornalistas mais respeitados do país, Juca Kfouri contou qual o motivo que o fez sair da ESPN Brasil em entrevista recente a Marcelo Bonfá. O bate-papo foi disponibilizado em quatro partes no canal do YouTube “Pingue-Pongue com Bonfá” e, além da sua saída do canal pago da Disney, ele também discordou de José Trajano, seu ex-companheiro de emissora.

“Acabou meu contrato”, foi econômico Juca num primeiro momento. “Posso ensaiar um milhão de respostas, algumas ao meu favor e outras contra mim. Então prefiro não especular”, respondeu ao ser questionado porque o contrato, que terminou no dia 29 de agosto, não foi renovado.

“Objetivamente, eu tinha um contrato e esse contrato expirou. Eles me comunicaram, de acordo está previsto no contrato, e eles não estavam interessados em renová-lo”, explicou Kfouri. “A justificativa oficial da ESPN é uma mudança de aparência, de ares, uma nova busca de fã do esporte. Não sei, podem querer rejuvenescer a imagem da emissora”, opinou o jornalista.

“Trabalhei lá durante 15 anos. Eu não tenho nenhuma queixa e não posso me queixar da forma que eu saí. Diferentemente dos 25 anos de Editora Abril, quando deixei a Editora Abril. Ali sim teve um motivo que me obrigou a sair, embora a Abril não quisesse que eu saísse, mas eu quis sair, porque não se podia mais criticar o Ricardo Teixeira”, continuou.

Bonfá perguntou se Juca ficou surpreso com a demissão e ele afirmou que não. “Normalmente, dois meses antes de acabar meu contrato, eles chamavam para conversar. Desta vez não chamaram. Quando deu dia primeiro de agosto e nada, já imaginei. E eu sabia que as coisas lá estavam delicadas. Não me surpreendeu”.

Situação da ESPN

Marcelo relembrou uma opinião dada por José Trajano sobre a ESPN Brasil, em que o ex-diretor do canal afirmou que o canal pago havia morrido, pois não seguia mais uma linha editorial do passado. Perguntado se concordava com a visão do seu amigo, Juca disse que não.

“Não concordo. Eu ligo a TV, coloco no 570 e a ESPN estará no ar, com um bando de jornalistas competentes e talentosos, que estão lá levando o canal. Como é que vão levar? Como mais dificuldade? Não sei”, falou. “Não sou chegado em hipocrisia e cinismo. Meu filho continua lá. Como posso considerar que morreu um canal de televisão que eu tenho filho trabalhando e bem? Então não acho isso”.

Juca Kfouri fala da sua demissão a partir do minuto 15:00. Confira:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!