Vem aí

Frase de Éramos Seis tem um significado; saiba qual

"Quando éramos todos, éramos um só" explica enredo da novela


Glória Pires em "Éramos Seis"
Glória Pires será Dona Lola - Foto: Divulgação/Globo

Órfãos da Terra” entrou na reta final e a Globo já passou a divulgar a sua próxima novela das seis, “Éramos Seis”. Para chamar atenção do público, a produção tem usado uma frase de efeito: “Quando éramos todos, éramos um só”. Há um significado que explica todo o enredo.

A obra é uma adaptação da novela escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho em 1977, na TV Tupi, que depois ganhou uma nova versão no SBT, em 1994. A história é inspirada no livro homônimo de Maria José Dupré, lançado em 1943, fazendo parte da série “Vaga-lume”.

A história relata a trajetória de Dona Lola, que é uma mulher batalhadora e bondosa, que faz de tudo para que sua família viva em harmonia. Ela é esposa de Júlio, um vendedor, com quem tem quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Isabel. O enredo é narrado em primeira pessoa e gira no período de 1921 e se encerra na década de 1940.

O tempo vai passando e familiares vão deixando Dona Lola sozinha. O marido morre, assim como seu filho Carlos, vítima da Revolução de 1932. Os outros filhos fazem suas vidas, decidindo viver em outros lugares.

Por isso o significado da frase “Quando éramos todos, éramos um só” era em relação à união da família. A trama apostará na emoção e no drama vivido pela protagonista. O livro ganhou muitos elogios, principalmente pela simplicidade da história, que aborda as questões das famílias da época, como ter boa convivência, teto e o pão nosso de cada dia.

O feminismo também é alvo de diversos questionamentos. Lola é uma mulher que se dedica por inteira a família, mas termina a história sozinha. A pergunta levantada no fim da trama é: “será que se doar totalmente a uma casa é recompensador?”.

Versão da Globo

Frase de Éramos Seis tem um significado; saiba qual

A nova versão de “Éramos Seis” terá Glória Pires no papel de protagonista. O papel já passou nas mãos de nomes importantes da dramaturgia, como Irene Ravache, Nicette Bruno, Cleyde Yáconis e Gessy Fonseca.

Como dito acima, a adaptação é do roteiro da novela de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho que já foi ao ar no SBT e na Tupi. A Globo comprou os direitos do roteiro da dupla de autores e decidiu levar ao ar uma nova versão, dessa vez pelas mãos de Ângela Chaves que estreou recentemente como escritora à frente do projeto de supersérie "Onde Nascem os Fortes".

Crítica e parte do público vem tratando com muita ansiedade cada notícia nova que sai de "Éramos Seis" por conta da memória afetiva com as versões anteriores da história. A mais lembrada é a da década de 90 que foi produzida no SBT e teve nos papeis principais Irene Ravache e Othon Bastos. Agora, além de Glória Pires, caberá a Antônio Calloni o par romântico de Lola.

Confira o teaser de “Éramos Seis”:

Mais Notícias