Reportar erro
Exclusivo

Após Monalisa Perrone, CNN Brasil mira em César Tralli

Canal de notícias segue a todo vapor sua montagem para inauguração em novembro

César Tralli
César Tralli apresenta o "SP1" na Globo - Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 03/09/2019 às 15:33:03

Na Globo desde 1999 e até então apresentadora do "Hora 1", Monalisa Perrone foi anunciada como nova contratada da CNN Brasil nesta terça-feira (03). Com inauguração prevista para novembro, o canal de notícias segue a todo vapor montando a sua equipe e já tem um próximo alvo na rede carioca.

Segundo apurado pelo NaTelinha, César Tralli é o novo nome na mira da CNN e pode ser mais um a mudar de ares. O jornalista está na Globo há 26 anos e atualmente apresenta o "SP1", o jornal local da emissora na faixa do almoço na Grande São Paulo, além de fazer parte da escala de sábados do "Jornal Nacional".

Já há conversas entre as partes e como elemento para convencer Tralli, a CNN oferece um alto salário e a possibilidade de alcance nacional, já que no momento ele está no ar apenas em uma região.

Fontes ouvidas pela reportagem relatam que o interesse da CNN em Tralli já é assunto nos bastidores e que a Globo está preocupada com todo esse assédio.

Além de Monalisa Perrone, já deixaram a rede carioca Mari Palma e Phelipe Siani, enquanto muitos outros nomes da TV aberta e da GloboNews já foram procurados. Além desses, dois nomes muito conhecidos também se acertaram com o novo canal de notícias: William Waack e Evaristo Costa.

Com esses desfalques certos e outros que podem acontecer, a emissora quebra a cabeça para repor a apresentação de seus telejornais. Para o lugar de Perrone, a Globo já decidiu: caberá a Roberto Kovalick assumir o "Hora 1" a partir da próxima segunda-feira (09). Até lá, o posto será ocupado por Michelle Barros, conforme comunicado enviado durante a tarde.

Apesar da preocupação com os assédios da CNN Brasil, o Grupo Globo segue firme no processo de unificação de suas empresas e na política interna de salários, propondo redução e alteração do vínculo empregatício, de PJ (Pessoa Jurídica) para CLT.

Nessa onda, vários nomes já deixaram a emissora nos últimos tempos, por motivos variados, como Otaviano Costa, Márcio Canuto, Sérgio Chapelin, Leandro Hassum, Ivan Moré, Fernando Rocha, Cris Dias, Cininha de Paula, Mariana Ferrão, Felipe Suhre e Bianca Bin.

Monalisa Perrone

Após Monalisa Perrone, CNN Brasil mira em César Tralli

Em nota enviada à imprensa, a CNN Brasil comemorou a nova contratação.

“A Monalisa Perrone é uma apresentadora competente que por muito tempo permaneceu na TV aberta, sempre com uma audiência de milhões de telespectadores. Sua decisão de vir para a CNN Brasil é mais uma prova da força, da credibilidade e da seriedade da marca e do projeto que estamos desenvolvendo", declarou Douglas Tavolaro.

Tavolaro é CEO e fundador da CNN Brasil, em parceria com o empresário Rubens Menin, da MRV Construtora.

Anunciado em janeiro, pegando o merado de surpresa, o novo canal de notícias focou em um primeiro momento na montagem de sua direção. Fazem parte Américo Martins, como vice-presidente de conteúdo; Leandro Cipoloni, vice-presidente de jornalismo; Virgilio Abranches, como vice-presidente de programação e multiplataforma; Fabiano Falsi, chefe de redação; Rafael Duzzi, para o cargo de diretor de Operações e Engenharia; Jercineide Castro, como CFO; Ellen Nogueira, diretora de jornalismo; e Maura Martines, como diretora de Inteligência de Mercado; Henri Karam, no Jornalismo; Flavia Bonfá, Relações Públicas e Projetos Especiais; e Marcio Pinheiro no Digital; além de um novo integrante no Conselho de Administração, o acionista Leonardo Guimarães Corrêa.

A sede da emissora será na Avenida Paulista, no prédio do antigo Banco Real, que passa por um processo de modernização.

Sua estreia na TV paga e plataformas digitais está prevista para novembro.

Mais Notícias