Reportar erro
Saudades?

Iza vira queridinha no "The Voice Brasil" e Lulu diz: "Alguém tem o telefone do Brown?"

Maioria dos participantes estava escolhendo cantora

iza-lulu-santos-the-voice-brasil_ea51f590b99998c03d38e0491a58f54260232cb4.jpeg
Lulu Santos perdeu candidato para Iza e a provocou - Foto: Reprodução/Globo
Daniel César

Publicado em 06/08/2019 às 23:20:47

Se depender de Iza, os seus colegas de “The Voice Brasil” não terão vida fácil para montar suas equipes. A nova técnica tem sido escolhida, na maioria das vezes, pelos candidatos e não foi diferente na noite desta terça-feira (06). Lulu Santos, que não foi escolhido por um cantor e perdeu o participante para Iza, citou Carlinhos Brown, que participou das outras sete temporadas do reality show.

Élri El se apresentou com a canção “Lay Me Down”, de Sam Smith, e conseguiu virar todas as cadeiras. Os jurados argumentaram e tentaram levar o músico para suas equipes, entretanto, foi à jovem artista que conseguiu ser escolhida pelo cantor, fazendo Lulu cair no riso.

“Alguém tem o telefone do [Carlinhos] Brown?”, disparou o compositor. A plateia se divertiu com o comentário. A brincadeira se deu por conta da fama que o cantor baiano conquistou no programa. Vencedor na primeira edição com Ellen Oléria, Brown costumava montar suas equipes com renegados.

Após participar de sete edições, Carlinhos foi substituído por Iza e estará envolvido apenas no “The Voice Kids”, que tem previsão de estreia para janeiro do ano que vem. Já a cantora se tornou uma das principais atrações da nova edição do programa.

Como funcionam as audições às cegas?

Os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam seus times: Time Ivete, Time Iza, Time Lulu e Time Teló. Se mais de um técnico virar, o participante é quem escolhe com quem quer trabalhar. No total, serão 64 vozes aprovadas, 16 em cada time. O temido – e divertido – botão de bloqueio está disponível durante toda esta fase. Com ele, os técnicos podem bloquear uns aos outros, dificultando ainda mais as escolhas do colega ao lado e impedindo que o talento opte por ingressar no time do rival. O técnico só saberá que está impedido de participar da disputa pela voz se virar sua cadeira.

Mais Notícias