Reportar erro
Notícias

Assassinato de Marielle Franco e Coréia do Norte levam Globo ao Emmy Internacional

Reportagens especiais foram indicadas ao maior prêmio de notícias do mundo

 Assassinato de Marielle Franco e Coréia do Norte levam Globo ao Emmy Internacional
O "Jornal Nacional" fez ampla cobertura da morte de Marielle Franco. Foto: Divulgação

Naian Lucas

Publicado em 06/08/2019 às 09:12:06

A Globo acaba de receber duas indicações ao Emmy Internacional de jornalismo. O maior prêmio de televisão do mundo indicou duas reportagens do Grupo Globo entre as finalistas da competição; são elas: a cobertura da morte de Marielle Franco e a visita a Coreia do Norte.

A cobertura sobre a morte da vereadora carioca Marielle Franco, feita em parceria entre o "Jornal Nacional", o "Fantástico" e a GloboNews, recebeu a indicação na categoria Notícias. O caso da vereadora do PSOL que foi assassinada está prestes a completar dois anos e recebeu grande cobertura da mídia à época.

Alvejada por tiros dentro do carro, Marielle acabou morta numa emboscada enquanto ia embora de um evento no Rio de Janeiro. Além dela, seu motorista também morreu. O assassinato provocou diversas reações na classe política e artística brasileira.

A notícia concorre com reportagens do Reino Unido, que mostrou o escândalo de Cambridge Analítica; do Catar, com a cobertura do Terremoto e do Tsunami na Indonésia; e uma da Rússia, que acompanhou a tragédia em um shopping na Sibéria, em que uma pessoa entrou atirando.

Na categoria Reportagem Especial, trabalho do "Fantástico" intitulado "11 dias na Coreia do Norte" está entre os indicados. O especial acompanhou a vida e o cotidiano em um dos países mais fechados do mundo e apresentou à população detalhes sobre a Coreia do Norte.

O "Fantástico" concorre com uma cobertura da BBC na Nigéria, que acompanha o sofrimento dos moradores daquele país que acabaram se viciando em cocaína, uma espécie de xarope para gripe; outra do Reino Unido, que mostra um importante protesto de mulheres dentro do Irã e desafiando os poderes dos líderes do país; e uma cobertura sueca que acompanha um vazamento na ONU que mostra que documentos sobre a morte de um especialista da entidade eram falsos.

É o 12° ano de indicações consecutivas da Globo no Emmy de Jornalismo e o quinto de indicações consecutivas nas duas categorias. Em 2011, o "Jornal Nacional" ganhou o prêmio pela cobertura da retomada do conjunto de favelas do Alemão pelas forças de segurança do Rio de Janeiro.

A cerimônia de premiação do Emmy Internacional de jornalismo ocorre em 25 de setembro. Este ano, a Globo já venceu o prêmio na área infanto-juvenil com "Malhação: Viva a Diferença". Os indicados ao Emmy Internacional para dramaturgia devem ser divulgados no mês que vem.

Mais Notícias