Arquivo Confidencial

Faustão entrevista Daniel Alves, protege Bolsonaro e cutuca Sérgio Cabral

Apresentador recebeu o lateral-direito no palco do "Domingão"


faustao-daniel-alves-bolsonaro-sergio-cabral_8a24effabaa5dd6770d16eabb0d76d358f069054.jpeg
Faustão entrou em polêmica novamente - Foto: Reprodução/Globo

Daniel Alves foi anunciado como o principal convidado do “Domingão do Faustão”, neste domingo (14), e foi surpreendido ao saber que seria o personagem do “Arquivo Confidencial”. Com 40 títulos na carreira, o atleta falou da sua vida e comentou sobre o momento atual do país. O fato curioso acabou sendo o comunicador Fausto Silva proteger o Governo do presidente Jair Bolsonaro e provocar Sérgio Cabral.

“Você tem um espírito critico muito aguçado, porque você vive muito tempo fora daqui, você vem, lógico, visitar a família. Quando você vê que esse país tem tudo pra dar certo, vivendo na Europa a tanto tempo, o que você pode falar pra tanta gente que, às vezes, está sem esperança num país com 25 milhões de desempregados, tem o problema de Educação, que não é agora, não é jogar tudo em cima agora da atual administração, isso já vem desde quando o outro Cabral, não o que está preso [Sérgio Cabral], mas o outro... Isso já vem desde o descobrimento.

O jogador não entrou na questão política e passou uma mensagem positivista, ressaltando a importância de cada pessoa iniciar a mudança de dentro para fora, assim como ocorre em países europeus, no qual o lateral-direito vive há mais de uma década.

"Olha, sinceramente, se eu tivesse que dar um recado para as pessoas, eu diria que a mudança vem de tudo na vida. Seja um país, seja com a pessoa em si... É o respeito. Acredito que as pessoas estão colocando muito a culpa nos outros e não olhando pra si primeiro. Acredito pra você melhorar é preciso olhar o seguinte: o que eu estou fazendo de bom, se eu estou sendo educado, se eu estou sendo honesto... Se eu for assim, aí eu vou poder exigir esse tipo de coisa", declarou.

Daniel Alves escutou mensagens emocionantes de amigos e familiares, relembrou sua carreira e lamentou não ter jogado a Copa do Mundo na Rússia em 2018. “oi bem duro. [Quando ele se machucou] A Copa estava perto. [Na época] Achei que não ia dar, mas queria animar ele. Foi duro, mas demos a volta por cima”.

A plateia se empolgou e gritou que “O campeão voltou”. É bom lembrar que o jogador ganhou, recentemente, a Copa América 2019, sendo responsável por levantar o troféu, já que recebeu a faixa de capitão do técnico Tite.

Claro que a participação do atleta repercutiu nas redes sociais. Confira abaixo:

Mais Notícias