Memórias da Telinha

De Roberto Cabrini a Chico Anysio: Como foi a transmissão da última Copa América no Brasil

SBT, Globo e Manchete exibiram a competição que terminou com o título da seleção brasileira

De Roberto Cabrini a Chico Anysio: Como foi a transmissão da última Copa América no Brasil
Seleção brasileira campeã da Copa América de 1989 - Foto: Reprodução/Globo

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 14/06/2019 às 16:45:49 Atualizado em 14/06/2019 às 16:58:31

Nesta sexta-feira (14), o Brasil entra em campo pela primeira vez na Copa América 2019, enfrentando a seleção da Bolívia. É a quinta ocasião em que o torneio acontece no país, sendo que a última foi em 1989. Pouca gente talvez sabe, mas aquele ano houve muitas peculiaridades nas transmissões.

Uma delas, por exemplo, é que Galvão Bueno narrou pela primeira vez um título da seleção profissional do Brasil. A equipe era formada por grandes craques como Romário, Bebeto, Careca, Dunga e Taffarel. Esse grupo chegou a perder a Copa do Mundo de 1990, contudo, consagrou-se em 1994 nos Estados Unidos, vencendo o tetracampeonato.

A transmissão da Globo trouxe outras curiosidades, como a estreia de Arnaldo Cézar Coelho em uma competição disputada pela seleção canarinho. A parceria entre Galvão e o ex-árbitro durou até o final do ano passado, quando o comentarista decidiu se aposentar da telinha e não seu renovou seu contrato com a emissora. Também foi a estreia de Tino Marcos na função de repórter.

Naquela época, os comentários ficavam sob responsabilidades de jornalistas e convidados especiais. O humorista Chico Anysio, vascaíno assumido, assumiu a função de analisar os jogos e dividiu a transmissão com Galvão Bueno e Arnaldo.

Veja a narração de Galvão Bueno na final da Copa América de 1989

A Globo não era a única que transmitia as partidas da Copa América de 1989. O SBT, com oito anos no ar, iniciava sua arrancada para incomodar a rede carioca na década seguinte. Poucos talvez se lembrem que a emissora de Silvio Santos tinha os direitos da competição, e mais, que Roberto Cabrini participou da cobertura.

O hoje apresentador do “Conexão Repórter” trabalhou na área esportiva durante um bom tempo e foi repórter da competição de seleções sul-americanas. No dia 1º de julho, primeira partida do Brasil, Luiz Alfredo estreou na emissora, tendo ao seu lado os comentaristas Ivo Morganti e Orlando Duarte.

Confira a chamada do SBT para Copa América de 1989

A Manchete não ficou atrás e também mostrou partidas da Copa América daquele ano, contando com as narrações de Alberto Léo e comentários de João Saldanha.

Veja trecho da Copa América de 1989 exibida pela Manchete

Copa América 2019

Desde o início de 2019, a equipe de esportes da Globo definiu como irá funcionar a sua cobertura na principal competição de seleções da América do Sul.

O torneio começa hoje e a final ocorrerá em 07 de julho, no estádio do Maracanã. Os profissionais envolvidos têm como missão recriar o clima da Copa do Mundo de 2014, apesar do investimento ser menor.

Mais de 200 profissionais do setor vão participar do torneio, além de ganharem o apoio de pessoas de outras áreas. A equipe fará a cobertura para TV aberta, GloboEsporte.com e SporTV.

A intenção do Grupo Globo é exibir todos os jogos da competição.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!