Bate-papo

Marcelo Tas entrevistará Danilo Gentili no "Provocações"

O programa retorna no dia 14 de maio

Marcelo Tas entrevistará Danilo Gentili no
Marcelo Tas e Danilo Gentili no "The Noite" - Foto: Gabriel Cardoso/SBT

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 03/05/2019 às 12:00:15

Polêmico e sem papas na língua, Danilo Gentili poderá falar na televisão sobre o seu trabalho, seu estilo irreverente e seu posicionamento político. Isto porque o comediante estará na nova temporada do “Provocações”, da TV Cultura. Sem Antônio Abujamra, o comando ficará nas mãos de Marcelo Tas.

Aliás, foi o novo apresentador que confirmou a presença do humorista do SBT no programa. Tas utilizou seu perfil pessoal no Twitter para pedir aos seus seguidores que enviem questionamentos a Gentili.

“Vou entrevistar o @DaniloGentili na nova versão do Provocações na @tvcultura Mande uma pergunta pra ele com #Provoca”, postou o ex-líder do “CQC”. Danilo compartilhou o tweet.

Tas aproveitou as redes sociais para também confirmar a data de estreia da atração na TV Cultura: 14 de maio, uma terça-feira, às 22h30.

Desta vez, os papéis serão invertidos entre Gentili e Marcelo. No mês passado, o ex-líder do “CQC” esteve no “The Noite” e conversou com Danilo sobre sua carreira e o momento político que vive o Brasil, cutucando o presidente do país.

“O Bolsonaro é como eu no 'CQC': queria trabalhar, mas meus filhos não deixavam”, ironizou. Ele ainda aproveitou o espaço para defender a atração que não é mais exibida pela Band: "Se acham que o Bolsonaro se elegeu graças ao 'CQC', fico feliz porque o programa acabou faz muito tempo".

O último dia 30 de abril, a Justiça negou pedido do político para que Tas o indenizasse após ser chamado de racista, preconceituoso e homofóbico.

No ano passado, durante a campanha eleitoral, Tas assumiu que votaria em Fernando Haddad no segundo turno, mesmo sendo um grande crítico do PT. O ex-apresentador do “CQC” declarou que não apoiaria candidato preconceituoso e que representava um risco ao estado democrático.

Na época, o nome do comediante ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais, recebendo elogios e críticas pelo seu posicionamento. Jair Bolsonaro, em plena campanha, não se manifestou em relação a declaração de Marcelo.

Danilo Gentili e Marcelo Tas

Os dois artistas trabalharam juntos no “CQC”. Tas era líder da bancada do programa exibido às segundas-feiras na Band, enquanto Danilo era responsável por reportagens com teor político. O comediante ficava boa parte do tempo em Brasília, entrevistando os deputados e senadores de maneira provocativa.

Com a chegada de Mônica Iozzi a equipe, Gentili foi transferido para o quadro “Proteste Já”. O apresentador chegou a apanhar e ser preso pelo seu estilo de conversar com os políticos e autoridades de diversas cidades.

Recentemente, Danilo Gentili foi condenado a seis meses de prisão por ter sido considerado culpado por injúria contra a Deputada Federal Maria do Rosário.

Marcelo Tas usou as redes sociais para defender o antigo companheiro de trabalho e diz que todos merecem ter o direito de expressão.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!