Ricardo Hofstetter

Após ter supersérie reprovada, criador da Vagabanda deixa a Globo

Autor não conseguiu emplacar novos trabalhos na antiga casa

Após ter supersérie reprovada, criador da Vagabanda deixa a Globo
Ricardo Hofstetter está fora da Globo - Divulgação

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 02/05/2019 às 13:21:10

O autor Ricardo Hofstetter, criador da temporada 2004 de “Malhação”, o icônico ano que contou com a Vagabanda, deixou a Globo. O roteirista não teve seu contrato renovado após ter um projeto de supersérie reprovada pela cúpula do canal.

O NaTelinha apurou que o roteirista havia apresentado no início do ano passado um projeto de uma supersérie para ir ao ar às 23h, mas o Fórum de Dramaturgia da Globo reprovou a sinopse e mandou engavetar a ideia.

Hofstetter continuou na emissora depois da decisão, porém, seu contrato que encerrou-se no mês de abril, não foi renovado e ele deixou a emissora após 25 anos de contrato com o Grupo Globo.

O autor tem larga experiência em “Malhação”. É que ele trabalhou diretamente em 10 temporadas da novelinha teen. Entre autor principal, colaborador, escaletador e supervisor de texto, o roteirista esteve em quase metade do período em que a produção esteve no ar.

Seu primeiro trabalho na produção foi em 1998, ano em que foi colaborador de Emanuel Jacobina. Ele se manteve na temporada seguinte, intitulada como “Malhação.com”, no mesmo cargo. A história se repetiu por dois anos seguintes, com Hofstetter colaborando em 1999 e 2000.

O autor mudou de função em 2001. A partir dessa temporada, e por dois anos consecutivos, ele ganhou a função de escaletador. Na prática, ele era responsável por escrever a escaleta da novela, ou seja, as cenas resumidas para que outra pessoa desenvolvesse os diálogos.

Foi em 2003 que ele se tornou autor titular. A Globo aprovou seu projeto para a trama e ele assumiu sua primeira temporada como titular. No ano seguinte, no entanto, é que ele atingiria o auge. Ao criar a temporada da Vagabanda, o roteirista teria o ano de maior audiência e prestígio da história de “Malhação”.

Após o sucesso, ele ficou como supervisor de texto no ano seguinte. A temporada 2005 foi escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, atuais autoras de “Verão 90”. O último trabalho dele em “Malhação” foi em 2009, quando ele criou a temporada “Malhação: ID”, sem repetir o mesmo sucesso.

Em 2008, Hofstetter foi colaborador da novela “Beleza Pura” e em 2013 esteve na equipe de trabalho de “Além do Horizonte”. Fora do universo de “Malhação”, o autor nunca emplacou um trabalho próprio na Globo.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!