Reportar erro
Lançamento

Bandidos na TV: Documentário sobre jornalista criminoso ganha data de estreia na Netflix

Produção mostrará a trajetória de Wallace Souza

Wallace Souza segurando um microfone com a mão direita e a mão esquerda erguida, olha para a câmera
Wallace Souza vai ganhar documentário na Netflix. Foto: Reprodução/internet
Naian Lucas

Publicado em 30/04/2019 às 18:36:00

A Netflix divulgou a data de estreia do documentário “Bandidos na TV” ,que vai mostrar a história de Wallace Souza, jornalista do Amazonas que foi acusado de ser chefe do crime organizado e mandante de diversos assassinatos. O programa estreia no dia 31 de maio.

Com o nome em inglês “Killer Ratings”, a produção vai acompanhar os detalhes sobre a vida de um dos jornalistas mais famosos do Amazonas na década passada. Responsável por apresentar um jornal policialesco no melhor estilo “Brasil Urgente” e “Cidade Alerta”, Wallace Souza fez muito sucesso em sua carreira jornalística no início desse século.

Ele ganhou espaço mostrando casos de crimes e mortes em seu programa que atingia grandes índices de audiência, daí o nome em inglês (“Killer Ratings”, ou Assassino de Audiência na tradução literal). Graças a isso, Wallace se tornou político e ganhou as eleições para deputado federal.

O jornalista acabou denunciado e investigado por conta de suposta ligação com o crime organizado e chegou a ser apontado como chefe de uma facção criminosa que mandava matar bandidos rivais para ele mostrar em seu programa de TV. Graças a essas denúncias, acabou cassado em 2009.

Pouco tempo depois, ainda sem ser condenado, Wallace acabou sofrendo um sério problema digestivo que o levou a morte em 2010. Agora, quase 10 anos depois, ganha um documentário na Netflix.

O filme é produzido e dirigido por Daniel Bogado e teve sua produção realizada na cidade de Manaus e estará disponível para todos os assinantes Netflix com lançamento mundial.

A história de Wallace Souza também já serviu de inspiração para um personagem do cinema. Fortunato (André Mattos) era um apresentador de TV que também era deputado e ligado à milícia do Rio de Janeiro no filme “Tropa de Elite 2”.

Embora oficialmente nunca tenha sido tratado como Wallace da ficção, a trajetória de Fortunato é muito semelhante ao do protagonista do documentário “Bandidos na TV”.

Mais Notícias