Futebol

Campeonatos estaduais se despedem com alta audiência na TV

Campeonatos Gaúcho, Cearense e Pernambucano tiveram os índices mais altos de 2019

Campeonatos estaduais se despedem com alta audiência na TV
Vitória do Grêmio, pelo Gauchão, teve a maior audiência dentre as finais no país - Lucas Uebel/Gremio FBPA

Diogo Cavalcante
i

Diogo Cavalcante

Jornalista diplomado, Diogo Cavalcante tem experiência na cobertura de Cidades e Entretenimento. Apaixonado por televisão, se dedica a escrever sobre o assunto desde 2013.

Twitter: @diogo_cc

Publicado em 24/04/2019 às 06:00:00 Atualizado em 24/04/2019 às 08:18:39

A maioria dos campeonatos estaduais de futebol foi encerrada entre a última quarta-feira (17) e domingo (21). A emoção da disputa esquentou a audiência televisiva pelo Brasil, com índices expressivos e recordes nas praças onde há medição regular pela Kantar Ibope. Em São Paulo, centro do mercado publicitário no país, a exibição do embate entre Corinthians e São Paulo registrou 39 pontos.

Na capital paulista, 66% dos televisores estavam sintonizados na final do Campeonato Paulista, vencido pelo Timão.  A transmissão completa acumulou 37 pontos. Este foi o maior índice de audiência da TV aberta, até o momento, em 2019. Foi também o melhor desempenho do futebol em terras paulistanas desde a final da Copa do Brasil, em 17 de outubro de 2018, quando Corinthians x Cruzeiro marcou 40 de média e 57% de participação.

Os dados, obtidos com exclusividade pelo NaTelinha, mostram que o maior índice da final de um campeonato estadual foi visto em Porto Alegre, na quarta passada (17), quando o clássico entre Grêmio e Internacional atingiu incríveis 53 pontos e 75% de participação. O desfecho do Campeonato Gaúcho de 2019, vencido pelo tricolor, foi o melhor número nos últimos 10 anos na cidade, visto por mais de 1,6 milhão de domicílios.

O Campeonato Cearense também fez bonito em seu derradeiro jogo, no último domingo (21), com o melhor desempenho do futebol em Fortaleza desde abril de 2014: 45 de média e 67% de share. Considerando apenas os domingos, foi o índice mais alto desde abril de 2006. O Fortaleza saiu vitorioso por lá, desbancando o rival Ceará. Se acrescentado pré-jogo e intervalo, a média recua para 42 – ainda assim um número gigante.


Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife 

No Recife, Sport e Náutico se enfrentaram domingo pelo Campeonato Pernambucano. A partida, levada até os pênaltis, marcou 43 pontos de média, com 73% dos televisores da capital pernambucana ligados, algo que não se via desde maio de 2017. A transmissão completa, incluindo pré-jogo e intervalo, fez 41. O pico foi às 18h22, quando a Globo bateu os 52 pontos. O Sport foi campeão.

Em terras mineiras, a emissora mudou a grade de programação para mostrar a disputa entre Atlético-MG e Cruzeiro no fim da tarde do sábado (20). O jogo marcou 37 pontos e 69% de participação – a segunda maior audiência do futebol este ano em Belo Horizonte. Para mostrar a festa do Cruzeiro, a Globo Minas inverteu o horário do “MG2” com “Órfãos da Terra”, com o noticiário colado à transmissão.

No Rio de Janeiro, o Campeonato Fluminense se despediu com 34 pontos e 63% participação. Por lá, Flamengo e Vasco disputaram a final, com a vitória do time rubro-negro. Já em Florianópolis, o embate do Campeonato Catarinense foi entre Avaí e Chapecoense. A partida, ganha pelo Leão da Ilha, repetiu o recorde do Futebol 2019 na cidade, com 27 pontos e 53% de share.

Confira o infográfico abaixo com os resultados pelo país:

Outras praças

Em Belém, quem tem os direitos de transmissão do Campeonato Paraense é a TV Cultura do Pará, que marcou 27 pontos no jogo entre Remo e Independente-PA. A exibição do torneio na tarde do último domingo, vencido pelo Leão Azul, foi líder do começo ao fim – entre 17h30 e 17h50, por exemplo, a parceira da Fundação Padre Anchieta ficou acima dos 30.

Salvador e Goiânia, praças problemáticas para a Globo, também acompanharam o desfecho de suas disputas regionais. A final do Campeonato Baiano, com Bahia x Bahia de Feira de Santana, marcou 24 pontos e teve 52% de share, algo que o futebol não via em terras soteropolitanas desde novembro de 2018.

O Campeonato Goiano apresentou a disputa entre Goiás e Atlético-GO, com vitória do Dragão Goiano, e alcançou 24 pontos de audiência. Com 48% dos televisores ligados, a partida igualou a segunda melhor audiência do futebol em Goiânia.


Foto: Miguel Locatelli/Athlético Paranaense

A menor audiência de final foi registrada em Curitiba, com Athlético-PR x Toledo. O último jogo do Campeonato Paranaense de 2019, com a vitória do Athlético, fez 23 pontos com 43% de participação. Apesar do número parecer morno, foi recorde de audiência aos domingos, índice não alcançado desde 2017.

Importante ressaltar que os números e comparativos contabilizam apenas transmissões regulares, descartando jogos da Copa do Mundo e amistosos da Seleção Brasileira por razões óbvias.

Vitória, Manaus e Brasília são outras praças que têm medição regular de audiência pela Kantar Ibope. No entanto, os campeonatos estaduais dessas localidades estão pendentes. O Campeonato Capixaba, cujos direitos são da Globo/TV Gazeta, terá sua final transmitida no próximo sábado (27). O Campeonato Amazonense, veiculado pela Record/TV A Crítica, estava travado por questões judiciais, mas deve encerrar ainda em abril. Por fim, o torneio de clubes do Distrito Federal não é mostrado na televisão.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!