Reportar erro
Carneiro

Casagrande e Neto pedem que São Paulo defenda jogador flagrado em doping

Carneiro teve seus exames indicando uso de cocaína

Jogador do São Paulo, Carneiro, posa com a camisa do São Paulo
Carneiro foi pego no exame anti dopping. Foto: Divulgação/São Paulo
Naian Lucas

Publicado em 23/04/2019 às 15:19:20

Nesta terça-feira (23) o “Globo Esporte SP” e "Os Donos da Bola" repercutiram o problema pessoal de Gonzalo Carneiro, jogador do São Paulo flagrado no exame antidoping com suspeita de uso de cocaína. Os comentaristas Casagrande e Neto fizeram questão de comentar o caso.

O atleta do tricolor paulista já foi suspenso preventivamente por 30 dias e discute com os seus advogados se vai pedir uma contraprova.

O programa esportivo da Globo explicou a situação do jogador. Ivan Moré pediu para Casagrande falar sobre o assunto e ele demonstrou seu descontentamento com o tema. “Não me sinto confortável com esse assunto, porque sou dependente químico”, iniciou sua fala. “Os clubes precisam se unir e criar campanhas de prevenção contra as drogas. É uma forma de combater isso e ajudar os jogadores”, declarou.

Vale ressaltar que Casagrande chegou a ser afastado da Globo em 2009 para tratar da dependência química. O comentarista escreveu um livro relatando o seu vício e fala da sua experiência na televisão e em palestras para alertar os riscos das drogas.

Craque Neto e a depressão

Outra atração que tratou do assunto foi “Os Donos da Bola”, na Band. Carneiro assumiu ao treinador Cuca, segundo o portal Globoesporte.com, que sofre de depressão.

O apresentador pediu para que a direção do São Paulo ajude o jogador. Ele relatou que também tem depressão e cada ser humano reage de maneira diferente a doença. “Quando minha depressão ataca, eu gosto de ficar sozinho. Gosto de enfrentar minha depressão comigo mesmo. Eu sou assim. Cada um reage de maneira diferente”, explicou.

Neto criticou os clubes por enxergarem os jogadores apenas como mercadorias. “Eu sei que é assim. Sou ex-jogador e sei que funciona assim”, desabafou. O comentarista parabenizou Casagrande pela sua coragem de falar abertamente sobre sua dependência química e aconselhou aos governantes para convidarem o ex-jogador para dar palestras em diversos locais do país e do mundo.

“O Casagrande é exemplo. Deveria falar sobre esse tema em todo planeta”, encerrou.

Mais Notícias