Reportar erro
Sucesso

Com fila de anunciantes, "Programa da Maisa" pode ser diário em 2020 no SBT

"No ano que vem a gente vê a disponibilidade dela", diz diretor da emissora, Fernando Pelégio

Maisa Silva e Oscar Filho
Maisa Silva conta com a ajuda de Oscar Filho na apresentação de seu programa - Fotos: Divulgação/SBT
Sandro Nascimento

Publicado em 01/04/2019 às 06:00:01

Se persistirem os bons resultados de audiência e faturamento, o "Programa da Maisa" pode passar a ser exibido diariamente nas tardes do SBT em 2020. Mas a novidade vai depender da disponibilidade de agenda da apresentadora teen, que foi descoberta por Raul Gil aos 3 anos de idade.

Em bate-papo exclusivo com o NaTelinha, o diretor de planejamento artístico da emissora, Fernando Pelégio, nega que inicialmente tenha pensado em transformar Maisa numa espécie de novo Serginho Groisman, mas não descarta essa possibilidade.

"Nada na televisão a gente fala não. Pode ser que amanhã ou depois a gente amanheça: 'poxa, realmente seria uma boa opção pra audiência e faturamento'", explicou.

Para Pelégio, a nova atração semanal está apenas no começo e ainda é preciso fortalecê-lo para ver seu futuro no SBT. Porém, como Maisa Silva terminará o ensino médio este ano e ela pretende descansar da rotina escolar, abriria espaço em sua agenda para comandar uma atração diária.

Exclusivo! Com fila de anunciantes, \"Programa da Maisa\" pode ser diário em 2020 no SBT
Fernando Pelégio é diretor de planejamento artístico do SBT; na foto, posa com nova câmera 4k adquirida pela emissora

"Vamos maturar isso aí e vamos dar vida, deixar o programa mais forte pra ver o futuro dele se vai ser diário ou não. No final desse ano ela vai dar um break na escola. Ela vai precisar de um hiato. Ela tá muito cansada: trabalho, escola, trabalho, escola... No ano que vem a gente vê a disponibilidade dela", projeta o diretor artístico do canal.

Dentro do SBT, apostar em Maisa para a grade diária é vista como uma estratégia de atrair o público jovem e recuperar o target perdido desde a saída do "Programa Livre", em 2001, quando Serginho Groisman migrou para Globo.

A reportagem apurou que existe uma fila de espera com empresas dispostas a anunciar na atração. Para atender a alta demanda, no último sábado (30), quando exibiu seu terceiro episódio, o SBT abriu a quarta cota de patrocínio para o talk-show de Maisa. Além disso, a emissora já negocia a quinta cota entre os interessados.

Os quatro patrocinadores master do vespertino semanal do SBT são: Faculdade Uninove, Chiquinho Sorvetes, Coca-Cola e Magazine Luiza. Todas as marcas com direitos a exibir suas logos na abertura do programa e inserções de merchans diferenciadas na TV e na web.

Exclusivo! Com fila de anunciantes, \"Programa da Maisa\" pode ser diário em 2020 no SBT

No quesito audiência, Maisa bateu a Globo em sua estreia com o placar de 9,5 contra 9,2 pontos. No segundo programa, disputando com o jogo do Brasil na Globo e o "Balanço Geral" na Record, ficou em terceiro lugar com 6,4 pontos, ante 16,3 da TV líder e 7,6 do canal de Edir Macedo.

Já a edição levada ao ar no último sábado recuperou. De acordo com dados prévios da Kantar Ibope na Grande São Paulo, entre 14h15 e 15h29, assegurou a segunda colocação com 8 pontos contra 11 da Globo, que exibia a reprise do "Sai de Baixo" e primeira meia hora do "Só Toca Top".

"Ela tá agora lá, entrou na chuva para se molhar e vem disputando. O bom da Maisinha, também, é que tanto o sucesso não sobe a cabeça quanto os revezes também não abalam. Ela é impressionante como se adapta a tudo. É diferente. Maisa que trate de brigar, de fazer um bom programa porque vamos esperar isso dela", completou Fernando Pelégio.

Na próximo sábado (06), em seu quarto episódio, a apresentadora teen recebe o humorista Carlinhos Maia e o jornalista Leo Dias. O "Programa da Maisa" é co-apresentado por Oscar Filho e tem direção de Lucas Gentil.

Mais Notícias