Entrevista

Fox News questiona Bolsonaro sobre morte de Marielle Franco e Zé de Abreu se posiciona

Ator e presidente já trocaram farpas nas redes sociais


Bolsonaro-Fox-News_db3f1bf7dec85010423af01e93ac575ec0da195c.jpeg
Bolsonaro foi entrevistado pela Fox News - Foto: Reprodução/Fox News

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi entrevistado pela Fox News, dos Estados Unidos, e conversou sobre diversos assuntos. Em um dos trechos do programa, a emissora norte-americana falou sobre a morte de Marielle Franco com mandatário da União brasileira, questionando-o se ele e sua família faziam parte da milícia do Rio de Janeiro. O ator José de Abreu, que é muito ativo nas redes sociais, comentou o caso na sua conta oficial do Twitter.

A Fox News explicou aos telespectadores sobre as acusações que o governante brasileiro mantinha laços com os suspeitos de matar a ex-vereadora do Rio de Janeiro, comentando a fotografia que ele aparece ao lado de um dos acusados. Bolsonaro foi direto e criticou novamente a mídia.

“Sou um capitão do Exército no Brasil e parte dos polícias do Rio de Janeiro é de grandes amigos meus. Por coincidência, um dos suspeitos de ter matado a Marielle não era meu vizinho, mas morava do outro lado de outra rua [do condomínio de Bolsonaro]. Só que a mídia é muito critica a mim e resolveu estabelecer essa conexão”, comentou o presidente. “Que motivo eu teria para ser mentor desse assassinato?”, acrescentou.

A entrevista repercutiu em todo país e a Fox News entrou entre os temas mais comentados do Twitter do Brasil. Diversos veículos de imprensa realizaram reportagens com todas as perguntas da emissora e respostas de Jair Bolsonaro.

José de Abreu ironiza Bolsonaro

O ator José de Abreu não perdeu tempo após acompanhar a repercussão da entrevista e ironizou o fato da Fox News ter perguntado ao presidente sobre a morte da ex-vereadora do Rio de Janeiro.

“Depois da Fox News relacionar o Capitão com a morte de Marielle... sei não. Acho que Trump vai khr e andar pra ele... só acho”, disparou Zé de Abreu. Vale ressaltar que, nesta semana, o ator já se envolveu em outra polêmica, mas com sua colega de trabalho Regina Duarte.

Após a atriz afirmar que a corrupção só acabaria quando o STF (Supremo Tribunal Federal) fosse fechado, convocando seus seguidores a participarem de protestos marcados nas ruas do país, Zé de Abreu declarou que sentia medo dela. Não é a primeira vez que ele alfineta Regina. Durante as eleições presidenciais do ano passado, ambos trocaram farpas nas redes sociais.

Já com Bolsonaro, José de Abreu discutiu com o presidente pela web. O político prometeu processar o ator. Zé não se intimidou e declarou que devolveria o processo para o capitão do Exército.

José de Abreu, apesar de ter se auto proclamado presidente do Brasil, uma brincadeira em relação ao posicionamento de Juan Guaidó, deputado federal venezuelano auto proclamado governante do país, tornando-se o principal opositor de Nicolas Maduro, já tem trabalho previsto na Globo. Ele terá importante papel em “A Dona do Pedaço”, próxima novela das nove. A previsão de estreia da trama de Walcyr Carrasco é do dia 20 de maio, substituindo “O Sétimo Guardião”.

Confira as postagens do ator José de Abreu

Mais Notícias