Ritmo de festa

"Fantástico" destina quase 1/3 do programa para o Carnaval

Dony De Nuccio e Poliana Abritta
Dony De Nuccio substituiu Tadeu Schmidt, de folga - Reprodução

Publicado em 04/03/2019 às 16:27:01

Por: Naian Lucas

O “Fantástico”, exibido neste domingo (03) destinou quase um terço de seu tempo de arte exclusivamente para falar do Carnaval, festa que acontece desde a última sexta-feira (01) em todo o Brasil.

Segundo levantamento feito pelo NaTelinha, a revista eletrônica teve uma hora, oito minutos e nove segundos de arte, sem contar intervalos comerciais.

Destes, 32 minutos e dezessete segundos foram inteiramente dedicados à cobertura do Carnaval 2019, tratado como “Globeleza” há muitos anos dentro da programação da Vênus Platinada.

O “Fantástico” exibiu ao todo 10 reportagens que tiveram como tema central ou secundário as festividades carnavalescas deste ano. No total, o programa contou com 22 reportagens. O que significa dizer que, em termos quantitativos, o número de pautas do Carnaval superou até o tempo de arte destinado ao tema.

O programa tentou variar suas pautas carnavalescas, exibindo temas como “Temporal atinge o Rio poucas horas do início dos desfiles do Grupo Especial”, passando até por “Ritmista da ‘Vai-Vai’ comemora sucesso de vídeo tocando repique” e também “Clara Nunes é homenageada pela Portela”.

Fora do tema, o “Fantástico” que terminou mais cedo justamente para dar lugar à transmissão do Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro em sua primeira noite, falou ainda de outros assuntos que chamaram a atenção do grande público.

Como já mostrou o NaTelinha em reportagem, foi contada a história de um químico brasileiro que se inspirou em “Breaking Bad”, série exibida pela Record em TV aberta.

A revista semanal também tocou em temas delicados como uma entrevista exclusiva com dois homens que afirmam terem sido abusados pelo falecido cantor Michael Jackson quando eram crianças.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!