Em alta

Para aumentar produção, Globo constrói novos estúdios com tecnologia pouco vista no mundo

Globo constrói novos estúdios com tecnologia pouco vista no mundo
Divulgação

Publicado em 05/02/2019 às 12:41:06 ,
atualizado em 05/02/2019 às 12:50:33

Por: Naian Lucas com Fabrício Falcheti

Com o planejamento de lançar 10 novelas por ano e se tornar uma das principais empresas no universo de seriados, a Globo está construindo três novos estúdios integrados em sua sede, no bairro de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

Batizado de Módulo de Gravação 4, o local vai abrigar trabalhos dos novos enredos que serão exibidos nos canais da Globo e também no Globoplay.

O MG4 teve suas obras iniciadas em 2017 e a previsão era que os serviços fossem finalizados no primeiro semestre deste ano. Contudo, o canal agora trabalho com um prazo diferente: os estúdios devem ficar disponíveis para uso apenas no final de novembro ou começo de dezembro.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo informou que o espaço contará com 4.500m² de área total construída e foi desenvolvido a partir de um novo conceito de produção, com cenários fixos, módulos de produção e sets cenográficos integrados.

Os estúdios contarão com tecnologia de ponta, pouco vista mesmo entre os maiores produtores de TV e cinema do mundo, garante a emissora. "Serão dotados de equipamentos wireless e de interconectividade por protocolo de tecnologia IP, que permite o tráfego de grandes volumes de dados e o acompanhamento da evolução dos formatos de produção, como 4K e 4K HDR. A inovação da tecnologia IP hoje é vista como uma das principais transformações nos próximos anos da indústria audiovisual", detalhou em nota.

Streaming é o futuro

 

As novelas continuam sendo as principais produções da emissora, pois mantêm os altos índices de audiência e repercussão, em comparação as concorrentes, além de ter prestígio com o mercado internacional. Mas a intenção da Globo é se tornar referência em outro gênero.

Gloria Perez, responsável pelas escolhas das novas séries do canal, tem como objetivo levar as produções feitas pela emissora entre as mais bem trabalhadas em todo o planeta. A autora estaria planejando que a Globo, dentro de três anos, vença o Emmy Internacional com séries e possa entrar no radar de premiações mais populares ao redor do mundo.

Com o crescimento dos streamings, o Globoplay é a ferramenta que ganhou um olhar diferenciado dos diretores da Casa, principalmente por causa do sucesso da Netflix.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!