Fim de linha

Silvio Santos decidiu cancelar "Poder em Foco" após fim de patrocínio


Débora Bergamasco no Poder em Foco
Divulgação/SBT

O fim do contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal teria colaborado para a decisão de Silvio Santos de encerrar o "Poder em Foco" no SBT.

Conforme antecipado pelo jornalista Ricardo Feltrin, o programa de entrevistas comandado por Débora Bergamasco nas noites de domingo terá sua última edição exibida no próximo dia 30 de dezembro.

O NaTelinha apurou que desde o fechamento do seu patrocínio, existia uma possibilidade de renovação com o banco público, mas isso acabou não ocorrendo. Sem a cota máster, Silvio Santos decidiu tirar a atração da grade da emissora para 2019.

Durante os seus oitos meses de existência, o "Poder em Foco" recebeu o presidente Michel Temer em duas ocasiões: na estreia e no último domingo (16), o único a fazer tal expediente.

Em conversa com fontes no mercado publicitário, a explicação é que o programa de entrevistas foi criado para atender a uma demanda na grade do SBT para receber investimentos, tanto do poder privado quanto público.

A atração estreou no dia 04 de maio, quase quatro meses depois de Michel Temer circular pelo canal para defender a Reforma da Previdência.

A audiência nunca empolgou o SBT, variando entre 4 e 5 pontos na faixa da meia-noite, após o "Programa Silvio Santos", segundo a Kantar Ibope na Grande São Paulo.

Procurada, a emissora negou que o fim do "Poder em Foco" tenha relação com patrocínio e que seu encerramento ocorre como um ciclo de qualquer outro programa da sua grade.

Mais Notícias