Reportar erro
Exclusivo

"Não tenho privilégios", diz Daniela Albuquerque sobre ser apresentadora e primeira dama da RedeTV!

Daniela Albuquerque comemora três anos do programa "Sensacional" em setembro

daniela-albuquerque_a9df7b3f3cb81f0cfda6aae23ae092b53bfe6907.jpeg
Foto: Andrea Dallevo/Divulgação
Sandro Nascimento

Publicado em 06/09/2018 às 06:00:32

O programa "Sensacional", com Daniela Albuquerque (36), está completando três anos na grade da RedeTV! no próximo dia 20 de setembro.

Comemorando o crescimento da audiência desde que a atração deixou os domingos e migrou para as noites de quinta-feira, há um ano, a primeira dama da emissora contou ao NaTelinha que sabe que existe algum tipo de preconceito na televisão por ela ser apresentadora e esposa de Amilcare Dallevo, sócio da RedeTV!, mas nunca se incomodou com os comentários.

"Sempre tem (preconceito). Seja velado ou aberto. Mas nunca me importei com isso. Faço meu trabalho com seriedade, estudo os textos, leio sobre os convidados, chego no horário. Não tenho privilégios! Nada melhor do que o tempo para mostrar o resultado. Tenho muita gratidão e dou muito valor a cada conquista", explica Daniela Albuquerque, que está casada há 12 anos e mãe de duas meninas, Alice (6) e Antonella (3).

Questionada sobre seu marido palpitar em torno da produção do "Sensacional", a apresentadora revela que "conversamos sobre tudo e, às vezes, ele sugere coisas sim", e completa: "aí converso com minha equipe do programa. O nosso público também participa, dá sugestões através do nosso WhatsApp. Temos muita interatividade com os telespectadores. Então tudo que agrega é bem-vindo".

Vejo que já caminhei muito e que tenho um longo caminho pela frente. Os erros me ensinam e os acertos me dão força.

Daniela Albuquerque

Quando entrou no ar, em 2015, o "Sensacional" era exibido nas tardes de domingo, disputando audiência com Eliana, Rodrigo Faro e Fausto Silva. Porém, desde 07 de setembro do ano passado, a atração migrou para as noites de quinta-feira e passou a apresentar um resultado no Ibope melhor do que sua antiga faixa na grade.

Segundo dados da Kantar Ibope na Grande São Paulo, tendo como comparativo a média geral de setembro de 2017, quando estreou às quintas-feiras, e agosto deste ano, o "Sensacional" soltou 1 para 2 pontos.

"Três anos deliciosos! De pesquisas, reuniões, conversas... Fomos achando nosso caminho. Hoje temos uma equipe afinada e estamos num momento muito legal do programa. Estou feliz por estar nas noites de quinta-feira, a audiência cresceu muito, além do nosso cenário, que está lindo, com um sofá incrível e muitos mimos para os nossos convidados. Tudo mudou para melhor", comemora Daniela.

Segundo a apresentadora, nascida no estado do Mato Grosso do Sul, sua experiência à frente do matutino diário "Manhã Maior", exibido pela RedeTV! Entre 2009 e 2012, ajudou em sua adaptação à linguagem de um programa de auditório.

[VEJA_TAMBEM

"Tínhamos o quadro 'Perdão' com plateia. Neste quadro eu pude ter a experiência da plateia. Mas acredito que no Sensacional consigo me entregar mais. A responsabilidade é grande! Além das entrevistas e convidados , temos que "trazer" a plateia para participar, mas é muito prazeroso! Tenho fãs que sempre estão presentes lá, sou muito ligada a eles. Meu maior medo era justamente esse, deixar todos à vontade. Eles participam do programa e no final tiro fotos com todo mundo, um por um. Sentir esse retorno e esse carinho me deixa muito feliz. Amo sentir a energia deles. E a prática vem com o tempo, né?!", diz Daniela Alburquerque, que estreou no comando de uma atração na TV em 2007, quando ficou à frente do "Dr. Hollywood".

A primeira dama da RedeTV! confessa que no período em que começou a fazer faculdade de Jornalismo, surgiu o desejo de se tornar apresentadora e conta que foi fazendo matérias para Olga Bongiovanni que surgiu o primeiro convite para comandar uma programa na televisão.

"Comecei a fazer estágio e fui para a rua como repórter. Eu adorava! Lá, aprendi a segurar o microfone, com a ajuda do cameraman Arnaldo, a quem sou extremamente grata. Fiz reportagens para o programa da minha querida amiga Olga Bongiovanni, onde tudo começou. Foi quando recebi o convite da Monica Pimentel, superintendente Artística da emissora na época, para apresentar o 'Dr. Hollywood', e me encantei! Com ele realizei o sonho de conseguir atingir o primeiro lugar na audiência", relembra Daniela, que começou a trabalhar aos 13 anos e, antes de ir para a TV, já foi babá, camelô e modelo.

Albuquerque se define como uma apresentadora que vem "aprendendo sempre". "Vejo que já caminhei muito e que tenho um longo caminho pela frente. Os erros me ensinam e os acertos me dão força. Sou uma pessoa com vontade "de saber", com garra de viver e de sempre dar o melhor de mim", diz.



Perguntada sobre qual formato de programa do exterior gostaria de comandar no Brasil, ela respondeu que as referências lá de fora são sempre bem-vindas e tudo pode dar inspiração e ideias. "Amo o formato do Sensacional, acho a minha cara", pontua, e justifica: "ele me dá a possibilidade de fazer entrevistas mais intimistas, que garantem revelações exclusivas e, consequentemente, espaços na home da UOL (risos). Com ele venho ganhando a confiança dos artistas e do meu público. Acredito que o Sensacional vem ganhando mais prestígio, é um programa para a família inteira. Amo fazer programa nesse formato. Tem muita coisa que ainda quero fazer, mas por ora quero trabalhar com os quadros que temos no 'Sensacional'".

Para finalizar, Daniela Albuquerque explica que vem sempre pensando em coisas novas, assuntos atuais, novos quadros para o "Sensacional" e que para os próximos anos do programa, deseja levar ao público uma atração leve e com muita informação, " acima de tudo, respeitando-o".

"Sonho também que o programa possa ganhar prêmios. Quero estar à frente de um programa que seja referência por ser bem feito e com cada vez mais credibilidade", ambiciona.

Mais Notícias