Irritado

Ratinho critica Globo e SBT após incêndio no Museu Nacional

Apresentador falou da "hipocrisia de muitos brasileiros" que não deram valor ao Museu antes dele pegar fogo

Reprodução/ SBT

Publicado em 05/09/2018 às 20:53:42 ,
atualizado em 05/09/2018 às 20:55:42

Por: Diego Falcão

Ratinho fez um desabafo polêmico sobre o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que pegou fogo na última sexta-feira (3) e destruiu milhões de itens. O apresentador criticou no último programa exibido na terça-feira (4),  além da imprensa, a "hipocrisia de muitos brasileiros" que não deram valor ao maior patrimônio cultural do país.

"Uma choradeira por causa do Museu. Com razão, perdemos uma parte grande da história. Não me lembro da Globo, do SBT, do Programa do Ratinho, do Hulck, ninguém falando . Agora que pegou fogo estão falando", falou o apresentador.

Ratinho subiu o tom e disparou: "Tem muito mais brasileiros visitando e falando do Museu do Louvre (Paris) do que o nosso aqui. A falha está na gente. Aliás os políticos usam a verba da lei Rouanet para pagar em cachê de artista em vez de investir na cultura. Ah, faça me o favor".

Nervoso, Ratinho concluiu: "O dia em que a gente eleger quem conhece prioridade... o Brasil é o único lugar do mundo onde a minoria manda na maioria".

Internautas reagiram as declarações de Ratinho no Twitter. Confira:

Com 200 anos de história, o Museu Nacional passava por dificuldades gerada pelo corte no orçamento e apresentava claros sinais de má conservação. Um terço das salas estavam fechadas justamente por causa disso.

Fundada em 1818 por Dom João VI, foi um palacete imperial em que também viveu Dom Pedro I e onde foi assinada a Independência do Brasil.

 



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!