Multa milionária

Com ascensão meteórica, Ratinho trocava Record TV por SBT há 20 anos

O "Ratinho Livre" em 1998 batia a Globo com frequência

SBT não hesitou em tirar Ratinho da Record TV - Fotos: Divulgação/Record TV/SBT

Publicado em 27/08/2018 às 11:24:13 ,
atualizado em 27/08/2018 às 11:35:50

Por: Thiago Forato

Com uma ascensão meteórica na década de 1990 com programas populares, o comunicador Carlos Massa, o Ratinho, foi alvo de uma negociação milionária entre SBT e Record TV no ano de 1998.

Exatamente há 20 anos, no dia 27 de agosto de 1998, ele concordou em trocar de canal depois de uma semana de negociações e assinou contrato. O salário na época girava em torno de R$ 1 milhão, sendo R$ 600 mil fixos. A multa rescisória era de R$ 43 milhões. Edir Macedo, para se ter uma ideia, comprou a Record TV em 1990 por R$ 45 milhões.

O "Ratinho Livre", programa que ele apresentava na Record TV, estreou em setembro de 1997 e chegava a bater a Globo com frequência. Naquela época, a novela das oito terminava antes das 21h, o que dava grande margem para as outras emissoras aproveitarem melhor o horário de "miagração".

O popularesco fez sucesso imediato. Ratinho antes apresentava o "190 Urgente" na CNT, mas na Record TV apresentava um programa ainda mais forte, com auditório, casos bizarros, brigas de casais e doenças aparentemente incuráveis.

Em coletiva de imprensa, Ratinho destacou que trocou de canal, dentre outros motivos, por falta de liberdade editorial, conforme noticiou a Folha de São Palo na época.

O SBT transmitiu ao vivo a coletiva de Ratinho, para celebrar sua grande aquisição da década.

Ex-diretores eram contra

Os diretores Guilherme Stoliar e Luciano Callegari, do SBT, eram contra a contratação de Ratinho. A Folha de São Paulo informou em edição de agosto de 98 que a aquisição seria uma incoerência com o contexto da emissora, que havia demitido mais de 200 funcionários em 1997.

Negociação de multa

Pouco mais de um ano depois, o imbróglio da multa de Ratinho foi resolvido. O valor de R$ 43 milhões havia baixado para R$ 26 milhões, mas Silvio Santos fez com que ela caísse ainda mais: R$ 14 milhões.

Sua estreia no SBT aconteceu pouco depois, no 8 de setembro de 1998, com o "Programa do Ratinho". Seguiu ininterruptamente no ar até 2006, quando foi encerrado após uma crise. Três anos depois, a atração foi resgatada e segue até hoje, garantindo o segundo lugar de audiência de segunda a sexta.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!