Multa milionária

Com ascensão meteórica, Ratinho trocava Record TV por SBT há 20 anos

O "Ratinho Livre" em 1998 batia a Globo com frequência


ratinholivre2_2e41cea8940411e4a603f36531845377f011878e.jpeg
SBT não hesitou em tirar Ratinho da Record TV - Fotos: Divulgação/Record TV/SBT

Com uma ascensão meteórica na década de 1990 com programas populares, o comunicador Carlos Massa, o Ratinho, foi alvo de uma negociação milionária entre SBT e Record TV no ano de 1998.

Exatamente há 20 anos, no dia 27 de agosto de 1998, ele concordou em trocar de canal depois de uma semana de negociações e assinou contrato. O salário na época girava em torno de R$ 1 milhão, sendo R$ 600 mil fixos. A multa rescisória era de R$ 43 milhões. Edir Macedo, para se ter uma ideia, comprou a Record TV em 1990 por R$ 45 milhões.

O "Ratinho Livre", programa que ele apresentava na Record TV, estreou em setembro de 1997 e chegava a bater a Globo com frequência. Naquela época, a novela das oito terminava antes das 21h, o que dava grande margem para as outras emissoras aproveitarem melhor o horário de "miagração".

O popularesco fez sucesso imediato. Ratinho antes apresentava o "190 Urgente" na CNT, mas na Record TV apresentava um programa ainda mais forte, com auditório, casos bizarros, brigas de casais e doenças aparentemente incuráveis.

Com ascensão meteórica, Ratinho trocava Record TV por SBT há 20 anos

Em coletiva de imprensa, Ratinho destacou que trocou de canal, dentre outros motivos, por falta de liberdade editorial, conforme noticiou a Folha de São Palo na época.

O SBT transmitiu ao vivo a coletiva de Ratinho, para celebrar sua grande aquisição da década.

Ex-diretores eram contra

Os diretores Guilherme Stoliar e Luciano Callegari, do SBT, eram contra a contratação de Ratinho. A Folha de São Paulo informou em edição de agosto de 98 que a aquisição seria uma incoerência com o contexto da emissora, que havia demitido mais de 200 funcionários em 1997.

Com ascensão meteórica, Ratinho trocava Record TV por SBT há 20 anos

Negociação de multa

Pouco mais de um ano depois, o imbróglio da multa de Ratinho foi resolvido. O valor de R$ 43 milhões havia baixado para R$ 26 milhões, mas Silvio Santos fez com que ela caísse ainda mais: R$ 14 milhões.

Sua estreia no SBT aconteceu pouco depois, no 8 de setembro de 1998, com o "Programa do Ratinho". Seguiu ininterruptamente no ar até 2006, quando foi encerrado após uma crise. Três anos depois, a atração foi resgatada e segue até hoje, garantindo o segundo lugar de audiência de segunda a sexta.

Mais Notícias