Exclusivo

Volta de "Carrossel" é tentativa do SBT de abrir novo horário de produções inéditas

Divulgação

Publicado em 03/08/2018 às 06:00:53 ,
atualizado em 03/08/2018 às 09:32:36

Por: Sandro Nascimento

A quarta exibição da novela "Carrossel", no começo da noite a partir da próxima segunda-feira (06), seria uma tentativa do SBT de emplacar um horário mais cedo para reapresentar suas tramas infantis e abrir espaço na grade para apostar em tramas mais adultas e inéditas.

Se o teste com "Carrossel" tiver audiência satisfatória na faixa das 18h15, e se nada mudar até lá, a emissora deve fixar este horário como o horário destinado a reapresentação dos seus folhetins infanto-juvenis.

Deslocando as tramas para mais cedo, o SBT abriria um novo espaço na faixa das 21h15 para produzir ou exibir produtos para um target jovem ou mais adulto. Atualmente neste horário, o canal exibe pela segunda vez a novela "Chiquititas", uma produção de 2013 que entra na sequência da inédita "As Aventuras de Poliana".

Dentro da emissora, existe a discussão em torno da necessidade de abrir um novo espaço na grade para produtos inéditos no prime time, o horário nobre da televisão, sem precisar comprimir o tempo de arte de outras atrações, como hoje acontece com o "Programa do Ratinho", ou jogar as sessões de cinema para iniciar num horário próximo da meia-noite.

Essa demanda também é impulsionada devido aos novos investimento do SBT no segmento de séries brasileiras. O canal está gravando a segunda temporada de "A Garota da Moto" e exibe a teen "Z4", em parceria com a Disney.

Além disso, existe a produção sobre o médico Roger Abdelmassih, em conjunto com o canal A&E, prevista para estrear em 2019.

Em conversas com a reportagem do NaTelinha, fontes também relatam que o SBT estaria de olho no desempenho da nova novela da Televisa, "Like", que estreia em setembro no Canal de Las Estrellas. O folhetim é uma aposta milionária da emissora mexicana pra transformar a produção em numa nova mania entre os jovens, assim como foi "Rebelde".

Desta forma, levando o segundo horário de novelas infantis para 18h15, o SBT abriria espaço no horário nobre para exibir tramas mexicanas inéditas, séries nacionais ou até o esperado segundo horário de novelas brasileiras.

A reapresentação das novelas infantis no prime time é uma forma que o SBT encontrou de diluir seus custos de produção, e por este mesmo motivo, a emissora opta em gravar folhetins com maior números de capítulos.

De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, "Aventuras de Poliana" é a novela com o maior valor de investimento na história do SBT, em torno de R$ 120 mil por capítulo. Mas para isso, seus custos serão diluídos nos mais de 500 episódios que a emissora pretende produzir. "Poliana" deve ficar no ar até 2020.

Embora Silvio Santos vislumbre emplacar um noticiário policialesco no início da noite, comercialmente, novelas são bem mais lucrativas.

Mas toda essa estratégia de programação visando o futuro do canal vai depender do desempenho na audiência da reapresentação de "Carrossel", a partir de próxima segunda. Se fracassar, seus executivos terão que encontrar uma outra solução.



publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!