Arrependimento

Será que se arrependeram? Cinco séries que foram recusadas antes de fazerem sucesso

Séries ouviram "nãos" antes de despontarem

"Stranger Things" foi uma das séries rejeitadas - Fotos: Divulgação

Publicado em 07/08/2018 às 08:20:03 ,
atualizado em 07/08/2018 às 08:51:15

Por: Thiago Forato

As séries nunca estiveram tão em alta na televisão e streaming, sobretudo nos Estados Unidos. Somente no ano passado, foram produzidas 487 temporadas, recorde até aqui.

Com tanto conteúdo é assim, é natural que nem tudo vá para o ar e algumas acabam recusando projetos. Pensando nisso, o NaTelinha elaborou uma lista com cinco que foram recusadas antes de fazerem sucesso onde estão hoje.

Stranger Things

Febre em 2016, "Stranger Things" é o que há em referência aos anos 80 e acaba agradando aos mais nostálgicos. Mas antes disso, não foi nada fácil fazer a série estourar.

Mais de 15 emissoras, incluindo as grandes dos Estados Unidos, recusaram a série sob o pretexto de que uma série adulta protagonizada por crianças não daria certo.

O fato é que ela caminha para uma terceira temporada. As duas anteriores estão disponíveis na Netflix.

Agente 86

Clássico dos anos 1960, "Agente 86" foi cancelada pertinho de estrear pela ABC. A rede achou que ele era demasiado sem graça e até antipatriota. A NBC, então, assumiu a série.

Indo ao ar em 1965, a série fez um estrondoso sucesso e seguiu sendo reprisada até 1980. Ganhou um filme com Steve Carrell e Anne Hathaway em 2008.

The Walking Dead

A série de zumbis também já foi rejeitada, incluindo por emissoras como a NBC e a HBO. Para elas, o enredo era muito violento e as séries de terror já não funcionavam como antigamente.

A AMC provou que elas estavam erradas e até hoje rende milhões de dólares ao canal. "The Walking Dead" caminha para a nona temporada.

Black Mirror

"Isso é muito Black Mirror"... Quem nunca ouviu isso de um amigo ou até mesmo nas redes sociais? Lançada em 2011 pela Channel 4, a série foi cancelada com apenas duas temopradas e um especial de Natal transmitido em 2014.

O motivo? Falta de patrocínio. A Netflix, posteriormente relançou a série com um orçamento mais robusto e terá uma quinta temporada produzida.

Buffy: A Caça-Vampiros

As redes de TV não gostaram do conceito de "Buffy", uma mulher no papel principal numa série sobre vampiros.

No entanto, a recém-criada WB, numa postura mais arrojada, arriscou. Em 1997, a série estreou fazendo grande sucesso e rendendo milhões de dólares ao canal.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!